Três pessoas são detidas em festa durante a madrugada

Durante Operação Ostensitivdade 2, a equipe policial foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego na Rua José Buzo, no Conjunto Aquiles Comar. No local, cerca de 30 pessoas faziam festa com som ligado em volume alto. Os policiais pediram para que diminuíssem o volume do som e que as pessoas presentes utilizassem máscaras, porém alguns investiram contra os policiais. Outras equipes foram chamadas para dar apoio à situação. Três pessoas acabaram detidas, um adolescente de 17 anos e dois jovens de 19, dentre eles o proprietário da residência.

Os patrulheiros fizeram contato com o proprietário, que foi orientado a baixar o som. Ele ainda foi informado sobre descumprimento de decretos devido ao não uso das máscaras, ao desrespeito ao toque de recolher e à ordem da equipe policial. O dono da residência informou que pediria para as pessoas irem embora.

Após as orientações, a equipe policial voltou para a viatura, mas algumas pessoas alcoolizadas saíram da casa e começaram a intimidar os policiais. Devido a quantidade de pessoas no momento e a falta de efetivo policial, a equipe decidiu deixar o local. Após algum tempo, os policiais receberam novas ligações sobre a perturbação no mesmo local. A ocorrência foi repassada para a equipe policial da Patrulha Rural.

No local, a equipe da patrulha rural encontrou três pessoas em frente à residência e as abordou. Durante a abordagem, o proprietário da residência, aparentemente embriagado e alterado, foi para cima dos policiais, investindo com socos e chutes. Outros presentes que estavam na casa conseguiram conduzir o proprietário para dentro da residência e tentaram segura-lo para impedir a briga.

A equipe da patrulha pediu apoio das demais viaturas policiais, devido ao grande número de pessoas que estavam no interior da casa, pois grande parte dos presentes começaram a intimidar os policiais.

Com a chegada das demais equipes, os policiais foram recebidos por diversos homens e uma mulher que vieram de encontro aos policiais e tentavam impedir a entrada da equipe no imóvel, visando evitar a prisão do agressor. Um jovem de 17 anos, junto a sua irmã, de 19 anos, tentaram desferir socos e chutes nos policiais, que se defenderam e algemaram os dois adolescentes.

Familiares do proprietário da residência trancaram a porta da casa, com a intenção de impedir que policiais prendessem o rapaz. Os policiais precisaram arrombar a porta para chegar ao jovem de 19 anos. Ao encontrar o proprietário, três homens ainda tentavam contê-o. Ele foi algemado e detido. Junto ao adolescente de 17 anos e sua irmã de 19. 

Enquanto a equipe controlava a situação, muitas pessoas deixaram o local e outros foram identificados. Todos foram conduzidos e encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cianorte para serem preenchidos os laudos de lesão corporal.

O som que estava no local foi apreendido. Por fim, todos foram informados sobre seus direitos e conduzidos à 21ª Subdivisão Policial de Cianorte para os procedimentos de polícia judiciária.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *