Temperaturas vão continuar em queda nos próximos dias  

Da Redação

O inverno chegou a Cianorte com temperaturas que não passaram dos 25ºC durante toda a semana. Um sistema de baixa pressão se desloca para o oceano (passando sobre o Rio Grande do Sul e o Uruguai) e se desenvolve como um forte ciclone extratropical, o que significa que os termômetros vão cair ainda mais nos próximos dias. E a segunda-feira, 28, pode ser o dia mais frio do ano, até o momento, com temperaturas abaixo de 10ºC, e 6.3 milímetros de chuva.

Neste primeiro fim de semana de inverno, uma grande frente fria continental vai avançar pelo Sul do Brasil. Após a passagem do sistema, a entrada de uma forte massa de ar frio de origem polar vai derrubar novamente as temperaturas na região.

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) alerta para ventania e queda brusca de temperatura para amanhã, 25, em Cianorte, e segunda-feira, 28, com máximas que devem chegar a 9ºC, ainda para esse dia.

A  partir de domingo, 27, os termômetros devem cair novamente, com temperaturas abaixo de 0°C no Sul do Brasil, e de máximas de 2ºC e 3º C em Cianorte.

RISCO DE GEADA

Segundo a Simepar, a frente fria que avançará pelo Sul do Brasil neste fim de semana vai resultar em uma forte massa de ar frio de origem polar, que derruba ainda mais as temperaturas na região. Por isso, a partir da próxima segunda-feira, as condições para geada aumentam na Campanha Gaúcha.

Já na terça, 29, as temperaturas caem ainda mais sobre os três estados da região sul, com risco de geada generalizada. Várias áreas do Paraná, Rio Grande do Sul, e Santa Catarina terão temperaturas mínimas abaixo dos 5ºC neste dia.

Com o alto risco de geadas, principalmente na região Oeste do estado, onde se encontra a maior parte da lavoura de milho, fica afastada a possibilidade de novas quebras de safra para o milho, que já sofreu fortemente com a seca após um plantio atrasado. Áreas mais ao norte do país, incluindo regiões de café, também enfrentarão um frio mais intenso, mas provavelmente sem geadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *