Orçamento aprovado pela Câmara prevê receita de R$ 360,58 milhões

Assessoria CMC

Os vereadores de Cianorte aprovaram na sessão ordinária desta segunda-feira, 28, em segundo turno e redação final, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2022) e o Plano Plurianual (PPA 2022-2025).

O Projeto de Lei 27/2021 – de autoria da Prefeitura – prevê uma receita estimada e uma despesa projetada, de acordo com a LDO, de R$ 360,58 milhões em 2022. Sendo que para a Administração Direta, Prefeitura Municipal, será de R$ 316 milhões. Já para Administração Indireta, a Caixa de Aposentadorias e Pensões dos Servidores Públicos Municipais de Cianorte (Capseci), será de R$ 44,58 milhões.

Já o Projeto de Lei 26/2021 – também de autoria de Prefeitura – é com relação ao PPA 2022-2025, ou seja, a previsão das receitas e despesas para os próximos quatro anos. Segundo a proposta, em 2023, a receita estimada e a despesa projetada serão de R$ 375,96 milhões, podendo chegar a R$ 406,58 milhões no exercício de 2025.

Conforme já exposto em Audiência Pública, agora, o projeto vai para sanção do prefeito, porém poderá sofrer modificações até a elaboração do projeto de Lei Orçamentária Anual 2022 (LOA 2022).

MAIS PROJETOS

Os vereadores de Cianorte realizaram nesta segunda-feira, 28, a 22ª sessão ordinária do ano. Ao todo, foram aprovados 11 projetos de lei, por unanimidade, sendo seis projetos em primeiro turno e cinco em segundo turno e redação final.

Destaque para o Projeto de Lei 25/2021-E – de autoria do vereador Edvaldo Estância Luana (Patriota) – que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos artifício com estampido em Cianorte, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso, em locais abertos ou fechados, públicos ou privados.

Conforme emenda aprovada, salvo exceções, com autorização de órgão público, em determinadas situações de saúde pública. Ainda, de acordo com a lei, os fogos de vista, que produzem efeitos visuais sem estampido, e com barulho de baixa intensidade estão liberados.

Em descumprimento da presente lei, o infrator poderá receber uma multa de R$ 2 mil, valor que será dobrado, se reincidir em até 30 dias.

Caso seja aprovado em segundo turno e redação final e sancionando pelo prefeito Marco Franzato (PSD), a Prefeitura regulamentará a lei no prazo de 90 dias, contados na data da sua publicação no Diário Oficial Municipal.

Já o Projeto de Lei 41/2021-B – de autoria do vereador Wilson Pedrão (Republicanos) – institui no calendário de eventos oficiais da cidade, o Dia do Motociclista, a ser comemorado anualmente em 27 de julho, Dia Nacional do Motociclista, com várias atividades a serem desenvolvidas.

Na sequência, houve a aprovação do Projeto de Lei 40/2021-R – de autoria do vereador Afonso Lima (Rede) – que torna obrigatório aos estabelecimentos públicos como UBS’s, hospitais, clínicas e similares que atendem pelo SUS, anexar aviso por escrito e em local visível, inclusive na recepção, o número de telefone e as atribuições da ouvidoria municipal do SUS.

O projeto de Lei 40/2021-J – de autoria do vereador pastor Dejair (PSD) – torna obrigatória a divulgação da Central de Atendimento à Mulher (Disque 180) em estabelecimentos comerciais. Os quais deverão afixar placa constando o seguinte texto: Violência, abuso e exploração sexual contra a mulher é crime. Denuncie – Disque 180”.

E, por fim, o projeto de Lei 40/2021-Q – de autoria do vereador Marcos Madeforte (Solidariedade) – declara de utilidade pública municipal, a Associação Evangélica Institucional Organizacional Universal – AEIOU, sem fins lucrativos, com sede em Cianorte.

 SEGUNDO TURNO

Destaque para o Projeto de Lei Complementar 14/2021-B – de autoria dos vereadores Rodrigo Rezende Enfermeiro (PSD) e Thiago Fontes (PSL) – que altera a classificação de zonamento de uso e ocupação do solo da Rua Londrina, trecho compreendido entre a Avenida Rio Branco e Rua Apucarana, de Zona Residencial Dois (ZRE-2) para Zona Comercial e de Serviços Quatro (ZCS-4), conforme parecer favorável do Conselho Municipal de Planejamento e Gestão Territorial.

Já o Projeto de Lei 42/2021 – de autoria da Prefeitura – acrescenta nos benefícios eventuais direcionados às famílias beneficiárias da Política Municipal de Assistência Social, conforme Lei Municipal 5.055/2019, o fornecimento de leite de soja.

E o Projeto de Lei 41/2021 – de autoria da Prefeitura – autoriza a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 150 mil, a fim de quitar despesas do ano passado com a Covid-19.

 RECESSO

Devido ao período de recesso regimental na Câmara Municipal de Cianorte, os parlamentares voltam a se reunir, em sessão ordinária, na primeira segunda-feira de agosto, ou seja, dia 2, porém, caso haja necessidade, os parlamentares poderão se reunir, durante o mês de julho, para apreciarem, em sessão extraordinária, projetos que demandem urgência em sua aprovação. Já os serviços administrativos funcionam normalmente, das 08h às 12h e das 13h30 às 17h30, assim vale para o trabalho dos vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *