Ensino médio: Terra Boa e Cidade Gaúcha têm melhores resultados no Ideb na região

Colégios de Terra Boa e Cidade Gaúcha são os estabelecimentos de ensino da região que tiveram os melhores desempenhos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2019 com relação ao ensino médio. As duas escolas, únicas de caráter estadual em cada uma das cidades, tiveram um índice de 4,8, registro que está entre a média do Estado que subiu de 4,46, em 2017, para 4,85.

O maior avanço ficou para o Colégio Estadual Marechal Costa e Silva, em Cidade Gaúcha, que teve um aumento no índice de 1,1. Em 2017, o estabelecimento registrou um Ideb de 3,7 e dois anos depois o índice subiu para 4,8. Já o Colégio Estadual Helena Kolody em Terra Boa apresentou um aumento de 0,4 de um ano para o outro.

O pior índice desempenho com a Escola Estadual Felisberto Gonçalves em Indianópolis que registou 3,3 em 2019. No ano anterior (2017), a escola ficou sem nota Ideb. Os resultados doí índice foram apresentados na manhã da última terça-feira, 15, pelo Ministério da Educação.

Apesar de não atingirem a média estadual, Rondon, e Tuneiras do Oeste,  registraram aumento no índice, com relação ao levantamento feito nos últimos dois anos. De 2017 para 2019, os municípios melhoraram expressivamente, eles subiram 1,4 e 1,3, respectivamente, atingindo as marcas de 4,4 e 4,5.

Rondon possui apenas um colégio estadual, já Tuneiras do Oeste conta com três escolas estaduais que registraram 4,4 ; 4,5 e 4,7, índice que geraram a média de 4,5. 

Nenhum dos municípios apresentou queda no índice. Porém o Colégio Estadual Arnaldo Busato, em Guaporema, não teve índice registrado em 2019, sendo que o registrado em 2017 foi de 3,6. E Indianópolis, cidade que registrou o pior valor no Ideb no último ano, e não apresentou índice em 2017.

O Ideb é o índice é um indicador criado pelo Governo Federal para medir a qualidade do ensino nas escolas.

Colégio Caio Mario Moreira tem o maior Ideb da região

Cianorte, maior cidade da região com pouco mais de 83 mil habitantes, e polo regional do Médio Noroeste, atingiu índice médio de 4,6, visto que o município conta com nove establecimentos estaduais de ensino. O melhor colégio da cidade, e também da região, foi o Colégio Estadual Caio Mario Moreira, que registrou 5,4. Em 2017, o colégio teve um índice de 4,3, melhorando o valor em 1,1.

Apesar da média geral da cidade ser abaixo da paranaense, quatro dos colégios estaduais registraram índices acima ou igual a 5,0. O Colégio Estadual D. Bosco teve um índice de 5,1; o Igléa Grollmann de 5,3; o Primo Manfrinato de 5,0; e o Caio Mario Moreira de 5,4, melhor Ideb registrado em todos os colégios estaduais da região.

Os colégios estaduais Cianorte, São Lourenço, Vidigal e José Guimarães tiveram Ideb entre 4,2 a 4,5. O Colégio Estadual Itacelina Bittencourt não teve registro nos dois últimos anos.

Colégio Caio Mario Moreira  registrou Ideb mais alto do que a média estadual. Foto: Reprodução

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.