Cianorte ultrapassa os mil casos de Covid após sete meses de pandemia

No dia 12 de outubro a pandemia do novo coronavírus completou sete meses. Nesse período Cianorte já passou pelo fechamento do comércio, decretos rígidos de prevenção à doença, aumento expressivo de casos, flexibilização das medidas e uma maior estabilização nos casos. Desde o primeiro dia de pandemia, a cidade já registrou 1.042 casos de Covid-19 e 15 óbitos.

Até o momento, os meses que apresentaram o maior número de casos positivados foram julho (380) e julho (285). Depois disso os casos apresentaram uma estabilização.

Agosto e setembro registraram 99 e 101 casos, respectivamente. Enquanto outubro, até o dia 13, já positivou 100 registros da doença, isso porque 81 casos foram validados pelo Ministério da Saúde algum tempo depois do exame, ou seja, todos já estavam recuperados no dia do registro.

Até o momento foram contaminados 462 homens, 509 mulheres e 71 crianças e adolescentes. Deste total, 986 já estão recuperados e 41 seguem em isolamento domiciliar. A prefeitura ainda monitora 39 pessoas e investiga 35 casos (aguardam o resultado do exame).

O último boletim da Prefeitura de Cianorte, divulgado nesta terça-feira, 13, registrou um novo caso da doença. Uma mulher de 24 anos, testada pelo Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen), teve contato com um caso confirmado e está em isolamento domiciliar. Além disso, a administração recebeu 58 resultados negativos. Desde o dia 10, último sábado, a prefeitura não havia registrado casos de Covid-19. 

Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta terça-feira, 13, mais 720 casos confirmados e 21 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 192.657 casos e 4.758 mortes em decorrência da doença. Há ajuste de casos confirmados detalhados ao final do texto.

Nesta terça-feira são 795 pacientes internados com diagnósticos confirmados de Covid-19: 659 em leitos SUS (316 em UTI e 343 em leitos clínicos/enfermaria) e 136 em leitos da rede particular (59 em UTI e 77 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 900 pacientes internados, 393 em leitos UTI e 507 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

A secretaria ainda informa a morte de mais 21 pacientes. Todos estavam internados. São nove mulheres e 12 homens com idades que variam de 39 a 84 anos. Os óbitos ocorreram entre 3 e 13 de outubro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Castro (4) e Cascavel (2), além de uma morte registrada em cada um dos seguintes municípios: Altônia, Bandeirantes, Brasilândia do Sul, Cambará, Capitão Leônidas Marques, Colombo, Cruzeiro do Oeste, Curitiba, Jandaia do Sul, Jundiaí do Sul, Medianeira, Ortigueira, São Miguel do Iguaçu, Telêmaco Borba e Umuarama.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.