17ª morte é confirmada e Saúde investiga maior número de pessoas desde o começo da pandemia 

Uma mulher de 66 anos faleceu de Covid-19 na quinta-feira, 19. A morte foi confirmada pela Prefeitura de Cianorte na manhã desta sexta-feira, 20. Esta é a 17ª morte pela doença registrada no município

A moradora de Cianorte estava internada em Maringá desde o dia 26 de outubro e acabou falecendo. A paciente possuía doença renal crônica e já tinha feito transplante renal.

O marido da paciente, de 68 anos, também morreu devido ao coronavírus. A morte dele foi registrada no dia 3 de novembro. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Fundhospar desde o dia 10 de outubro. O paciente possuía comorbidades cardíacas e renais.

Ao que tudo indica, os dois se contaminaram juntos. Os dois serão cremados em Maringá, conforme decisão familiar.

Boletim

A Secretaria de Saúde confirmou nesta sexta-feira, 20, mais nove casos a doença, todos confirmados por meio de testes de laboratórios particulares. Os novos positivados são cinco mulheres, com idades de 26, 29, 38, 54 e 81 anos; três homens, com 23, 44 e 52 anos; e uma adolescente de 17 anos.

As mulheres de 26 e 29 anos, os homens de 23 e 44 e a adolescente desconhecem a forma de contágio. A mulher de 54 é profissional da saúde e se contaminou no trabalho. Os demais tiveram contato com casos confirmados. Todos estão em isolamento domiciliar.

A prefeitura ainda destacou que o número de pessoas investigadas, ou seja, as que aguardam o resultado do exame, é o maior desde o início da pandemia. São 226 casos em investigação e 71 em monitoramento.

Com os novos casos, Cianorte chega a 1.402 casos confirmados, desde 1.220 estão recuperados, 162 em isolamento domiciliar, seis pessoas estão internadas (três aguardando resultado do exame e três com resultado positivado).

Novembro

Na última semana ente os dias 16 a 20 de novembro, a Secretaria de Saúde de Cianorte confirmou 112 casos de Covid-19. E, durante todo o mês, foram 189 novas positivações.

Desde julho o município não confirmava tantos casos da doença. Com esses números, novembro é o terceiro mês, desde o início da pandemia, com o maior número de novas positivações. Em outubro, apesar dos 262 registros da doença, 200 foram resultados de testes feitos há alguns meses.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.