Trabalhadores autônomos e o cenário em que estão inseridos no ano de 2021

A cara do trabalho autônomo, anteriormente uma opção atrativa apenas para pessoas proativas, que buscavam gerir o próprio tempo e não receber ordens, tem mudado no Brasil. Entre as profissões com maior número de profissionais sem vínculo empregatício com as empresas ou pessoas para quais prestam serviços, podemos citar advogados, coaches, professores particulares, consultores, designers digitais, desenvolvedores e agentes de viagens, entre outros.

Profissionais autônomos diferem dos profissionais liberais, principalmente pelo fato de na segunda categoria poder haver ou não vínculo empregatício e trabalho com carteira assinada. Esse vínculo se torna atrativo principalmente pela garantia de direitos trabalhistas. Médicos, arquitetos e veterinários são representantes bastante conhecidos de profissionais liberais.

O fato é que o momento atípico que estamos vivendo, embora esteja trazendo grandes prejuízos econômicos para alguns setores da economia, gerou um crescimento para outros e acima de tudo mudou a dinâmica de trabalho a que estávamos habituados. Agora home office, ensino a distância e flexibilidade de horários, citando apenas alguns exemplos, fazem parte do vocabulário do “novo normal”.

As empresas, mesmo as mais tradicionais, estão migrando para o trabalho a distância e precisam cada vez mais estar presente no mundo virtual para não perder espaço e atender a um público cada vez mais conectado . Em concordância com esse, outro fenômeno também tem marcado o passado recente do mundo do trabalho. O que estamos falando aqui é que por necessidade ou opção, o número de profissionais autônomos no Brasil cresceu muito em 2020, e a tendência de aumento se repete para o ano de 2021. Em áreas como tecnologia, marketing digital e finanças novas oportunidades estão surgindo, o mesmo ocorre com o ensino a distância. Plataformas digitais, como a Workana e a GetNinjas, que conectam os profissionais autônomos com as empresas, registraram aumentos que variaram de 32% a mais de 60% no ano passado.

Paralelamente ao aumento de profissionais cadastrados, estas plataformas também registraram aumentos na procura por serviços. Entre os mais requisitados estão o de pedreiro, serviços de mudanças, técnicos de celulares, técnicos de televisores e montadores de móveis. Podemos ver por essa lista a evidente ligação desse aumento com o fato das famílias brasileiras estarem gastando a maior parte do seu tempo em suas casas e por isso depender de aparelhos eletrônicos para suas atividades profissionais e de lazer. Um computador que antes atendia a demanda de toda a família agora tornou-se insuficiente.

Ás areas relacionadas a tecnologias estão sendo, sem dúvidas, importantes protagonistas no enfrentamento da crise atual. Elas impulsionam industria e comércio. Houve crescimento na venda de aparelhos eletrônicos em todos os estados brasileiros. A procura por computadores e celulares cresceu em cerca de 20% no ano de 2020. Outros itens como webcams e impressoras chegaram a ficar escassos no mercado. A busca por eles não se restringiu a profissionais afastados do espaço físico em que trabalhavam. Eles também foram muito procurados pelo público mais jovem, que passou a gastar mais do seu tempo em aulas a distância, algo que não ocorria antes da pandemia.

A pandemia e suas limitações também aumentou o interesse das pessoas por eSports. Em 2021, por exemplo, a receita do setor estima atingir um montante de 55,6 milhões de reais, um grande aumento se comparados aos 24,1 milhões de reais registrados em 2017. As pessoas não começaram apenas a jogar eSports, mas também a fazer apostas na modalidade. Apostas online em tempo real, como as que são feitas pelo site Rivalry, registram um aumento de 19% desde o começo da pandemia.

Outra opção muito procurada para fugir do stress foram as plantas ornamentais, não apenas as que possuem floresmas também as folhagens verdes. A venda de alguns produtos desse setor chegou a atingir patamares 20% maiores ao do ano anterior. Voce pode jogar online ou cuidar do jardim como válvula de escape.

Sabemos que o momento atual é angustiante e desafiador, especialmente para os profissionais autônomos e liberais, que estão entre os mais prejudicados. Mas historicamente em meio à crises boas idéias costumam surgir. Além disso, se seu momento pessoal permitir, aventure-se por novos caminhos. Seja como profissão ou com hobby, aprenda algo novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *