Em Cianorte, gasolina já custa R$ 5, 39 e o etanol vai a R$ 4,49   

Da Redação

O preço dos combustíveis derivados do petróleo está em aumento gradativo nos últimos meses. Nó início do mês de maio, a Petrobrás anunciou uma redução no preço da gasolina e do diesel nas refinarias da estatal. O litro da gasolina passou de R$ 2,64 para R$ 2,59, redução 1,9%, enquanto o diesel caiu de R$ 2,76 para R$ 2,71, o que equivale 1,8%. Mas a estatal avisou que alteração de valor não seria significativa para o motorista na hora de pagar pelo produto. O resultado foi mais um aumento nos postos de combustíveis de Cianorte.

O último aumento registrado em Cianorte foi na segunda-feira, 10. A média de preço do etanol está entre R$ 4,09 e 4,49; a gasolina varia de R$5.36, a 5,39; o diesel entre R$ 4,06 a R$ 4,27 dependendo do local de revenda.

O preço do barril de petróleo tipo Brent no primeiro trimestre foi de US$ 61,30, comparado com US$ 50,80 no mesmo período em 2020. Entre janeiro e março de 2021, os reajustes praticados pela Petrobras para os preços de venda nas refinarias acumularam alta de 35,11% no diesel e de 40,67% na gasolina.

Para quem abastece frequentemente, é uma oportunidade de mudar hábitos e encontrar alternativas para poupar o bolso.

Everson Lindolfo mora a três quilômetros do trabalho, e já estuda a possibilidade de fazer o trajeto de bicicleta. No último trimestre o valor do gasto mensal com o combustível para o carro aumentou mais de R$ 100. “Eu tinha um consumo planejado, R$ 50 por semana, mas a necessidade me fez pagar muito mais, pela mesma quantidade de produto. O etanol foi de R$ 3,89 a R$ 4,49, em três meses. Somada a pandemia e redução de jornada de trabalho e salário, fica inviável.”, contou Everson.

Instabilidade no mercado

Para quem administra ou é proprietário de um posto de gasolina, está quase impossível saber quando será a nova alteração no valor para repassar ao consumidor.

“Nós não temos mais parâmetros, não sei se sobe ou se cai, quanto ou quando vai acontecer. E quanto mais os valores sobem mais o nosso movimento cai. O mercado virou uma bagunça, cada dia de compra é um novo valor, não tem como ter um planejamento”, contou o Pedro Henrique de Oliveira, proprietário de um posto na Avenida Paraná.

Em apenas um dos postos de combustíveis ouvidos pela reportagem houve uma redução no valor. De acordo com a administração da empresa, localizada na Avenida Coruja, na quinta-feira, 13, o preço do etanol que estava R$ 4,19 baixou para R$ 4,09. Segundo a administração, a mudança de valor esta ligada a negociação com os representantes.

 Novos valores

Os especialistas justificam o aumento gradativo no valor do etanol ao clima seco em 2021, que dificultou a produção de açúcar no Brasil, que hoje é um dos maiores produtores do mundo, seguido da Índia.

Segundo a empresa de pesquisa de soft commodities com sede em Wilton, Connecticut, a escassez atingirá o pico no quarto trimestre deste ano, prejuízo em mais de um milhão de toneladas, mesmo que os números melhorem até setembro de 2022, o consumidor vai sentir o resultado no bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *