Rainha da Paz beneficiou mais de 400 famílias durante a pandemia

Apesar das dificuldades trazidas pela pandemia do novo coronavírus, a Associação Assistencial e Promocional Rainha da Paz não deixou de atender as crianças e famílias beneficiadas pela entidade durante o período. Entre os meses de março e julho a associação beneficiou cerca de 446 famílias.

Conforme a assistente social, Patrícia Mendes Andreassi, durante o período de pandemia as crianças foram afastadas da associação devido à suspensão das atividades, mas mesmo assim a entidade realizou 874 visitas para triagens e atendimentos, e ainda beneficiou as famílias em vulnerabilidade social.

Segundo Patrícia, a instituição tem capacidade para atender 850 crianças e adolescentes, na faixa etária de sete a 17 anos, que estejam passando por situações de vulnerabilidade ou risco. “As famílias são encaminhadas pela rede sócio assistencial e também através de procura espontânea, lembrando que para a inserção do usuário as assistentes sociais realizam visita domiciliar”, explicou.

Alimentos

Para aumentar o numero de entregas de alimentos às famílias, a entidade buscou apoio e doações de alimentos perecíveis e não-perecíveis de empresários locais, comunidade e de programas sociais, como o Programa Mesa Brasil e Compra Direta.

De acordo com Patrícia, os alimentos são coletados e selecionados por colaboradores da entidade que, após serem higienizadas, são armazenados e levados às famílias. 

“Com os alimentos recebidos, a equipe técnica está elaborando centenas de cestas básicas, com legumes, frutas, leite, e distribuindo para famílias em situação de vulnerabilidade social”, explicou Patrícia. Segundo a assistente social, a equipe tem priorizado famílias que estejam com dificuldades financeiras decorrentes do desemprego e em situação de vulnerabilidade.

Entre abril e julho, a associação já entregou 853 cestas às famílias. Foram 177, 176, 268 e 232 por mês, respectivamente.

“Transformando Reciclagem em Saudade e Gratidão”

Além das atividades internas que os educadores sociais realizam na entidade, eles desenvolveram o projeto “Transformando Reciclagem em Saudade e Gratidão”. O projeto tem como objetivo ajudar os usuários que frequentam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da instituição a amenizar os efeitos desse período de isolamento social, com sugestões de brincadeiras que possam ser trabalhadas por pais e responsáveis com as crianças e adolescentes, assim fortalecendo os vínculos familiares.

“Na prática, o projeto se deu por meio da elaboração de caixas que foram montadas e decoradas pelos educadores da entidade, com jogos e brinquedos pedagógicos recicláveis confeccionados pelos educadores. Todos os materiais utilizados foram de doações e as receitas elaboradas pela nutricionista da instituição”, contou a assistente social, Patrícia Mendes Andreassi. As cestas possuem tema de festa junina.

Durante o mês de julho, a associação entregou 268 caixas pedagógicas.

Em julho, Rainha da Paz entregou 268 cestas. Foto: Divulgação Rainha da Paz

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *