Crianças pedem ao Papai Noel dos Correios presentes de Natal

Por Redação

No Natal é comum as pessoas falarem em solidariedade, amor e compaixão. E é isso o que prega a Campanha de Natal dos Correios, conhecida em todo o país, a campanha é uma forma das pessoas darem presentes a crianças em situação de vulnerabilidade. Os pequenos escreveram cartas, fizeram seus pedidos e as deixaram nos Correios para que seus padrinhos ou madrinhas os presenteiem.

Neste ano, a adoção das cartinhas da Campanha de Natal acontece de maneira 100% online, devido à pandemia do novo coronavírus. Os interessados devem entrar no blog dos Correios, escolher uma cartinha, comprar o presente e leva-lo até o dia 17 de dezembro para a sede dos Correios em Cianorte, na Avenida Santa Catarina. Os pedidos das crianças variam desde roupas, bonecas, até alimentos.

As cartinhas foram feitas por crianças de até 10 anos em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa também contempla cartinhas enviadas por alunos da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e por crianças acolhidas em creches, abrigos e núcleos socioeducativos.

Elas foram feitas à mão e, em seguida, fotografadas ou digitalizadas. Depois disso, foram colocadas no blog dos Correios para que os padrinhos e madrinhas tivessem acesso.

A dona de casa, Aline Bueno, mãe de duas crianças, disse que ela e o marido sempre costumar adotar cartinhas nesta época do ano. “A gente sempre costuma pegar. E teve anos que a gente foi pessoalmente entregar os presentas, agora por conta da pandemia não pode”, afirmou.

Segundo Aline, o principal motivo era ver a alegria das crianças. “O motivo era ver o sorriso nos rostinhos dele”, disse. “Muitas crianças ainda não pediam nem brinquedos, pediam cesta básica, material escolar”, contou.

Adoção de cartinhas

A campanha de Natal dos Correios já tem mais de 30 anos e, durante todo esse tempo cerca de seis milhões de cartinhas tiveram um padrinho em todo o Brasil. Em 2020, a adoção das cartinhas é totalmente digital.

Para adotar uma cartinha, os padrinhos e madrinhas devem acessar ao blog dos Correios. No blog, conforme onde a pessoa mora, será feita uma triagem, além de uma sugestão de local de entrega dos presentes.

Os Correios enviarão e-mail para os padrinhos e madrinhas para confirmar a adoção da cartinha.

A entrega dos presentes será feita presencialmente, sempre com atenção especial aos protocolos de segurança, como o uso de máscaras, e evitando aglomerações.

“Querido Papai Noel”

Em diversas cartinhas, as crianças afirmam que seus pais estão desempregados e não possuem condições de comprar o presente tão desejado. “Gostaria de ganhar um carrinho de controle remoto, pois meus papais estão desempregados e não têm condições de comprar para mim”, disse o Antônio Gabriel, de três anos.

Em sua cartinha, Bartolomeu, de cinco anos, pede um caminhão de bombeiros. E sua irmã, Anna Beatriz, de seis anos, pede uma cesta natalina para a família.

Na cartinha do Anthony, de dois anos, o pedido é, principalmente, por alimentos, como bolacha, doces e leite.

“Gostaria de ganhar uma bola, chocotone, mochila e materiais escolares de presente de Natal”, pediu Kauê de 10 anos.

Esses e outros pedidos estão disponíveis no blog do Papai Noel, na seção de Cianorte.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *