Centro de triagem é inaugurado e atendimento começa na quinta-feira

A Prefeitura de Cianorte inaugurou o Centro de Atendimento à Síndrome Respiratória na manhã desta terça-feira, 12, no Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori, data que também marca o Dia Internacional da Enfermagem. O centro, que possui 30 leitos, dois consultórios, salas de espera e de enfermagem, ficará à disposição de pessoas com qualquer tipo de síndrome respiratória. Suas portas serão abertas à população na amanhã, 14.

Conforme a médica diretora técnica da Unidade de Atendimento (UPA) e do novo centro de triagem, Joelma Aguilera Magalhães, o local vai funcionar durante 12 horas diárias e, após isso, e durante os fins de semana, o atendimento será direcionado a UPA. “O funcionamento do centro será de segunda a sexta-feira, incluindo feriados, das 8 às 20 horas. Além disso, vamos ter o laboratório e exames de imagem que serão direcionados a UPA”, explicou.

“O paciente que tiver necessidade de medicação, soro, vai ser atendido no centro e se precisar de internamento vai ser encaminhado para a Santa Casa”, explicou Joelma.

A diretora reforçou que a unidade não trabalhará com o atendimento de emergência, mas com pacientes com sintomas respiratórios. “O paciente que está sintomático, com medo de um possível diagnóstico de Convid-19, vai vir até o centro e pode receber uma possível medicação até para uma influenza. Porque nem tudo é coronavírus. Temos que pensar que é o período da influenza, das pneumonias, asma, agora é inverno, isso pode acontecer”, esclareceu.

É devido aos atendimentos de diversas síndromes que o centro não é exclusivo para o vírus. “É um centro de atendimento a síndromes respiratórias, que inclui todas as doenças respiratórias”, afirmou Joelma.

Segundo a diretora técnica, o centro será uma extensão da UPA e possuirá um sistema integrado com uma entrada diferenciada. De acordo com a diretora técnica, o centro de atendimento contará com duas equipes que cumprirão um horário de trabalho de oito horas. “Cada equipe terá um médico, uma enfermeira, dois técnicos de enfermagem, assistentes de farmácia e duas faxineiras”, disse.

Conforme Joelma, é importante que aquele paciente que não tem necessidade de vir ao serviço de saúde continue em casa e caso vá é necessário usar máscaras. A diretora técnica ainda reforçou que a pessoa será atendida por uma equipe treinada. “Chegando ao atendimento, o paciente será atendimento por profissionais capacitados. Temos uma equipe treinada, contamos com apoio do laboratório, do raio-X e de médicos e enfermeiros”, afirmou.

Joelma ainda reforçou que os postos de saúde continuam fazendo o atendimento e acompanhamento dos pacientes.

Com 30 leitos, centro de triagem estará aberto a partir de quinta-feira, 14. Foto: Renata Martins

“Não falta recurso. Não falta medicamento”

De acordo com o prefeito Claudemir Bongiorno, as equipes do Centro de Atendimento à Síndrome Respiratória estão preparadas para atender a população. “Não falta recurso, não falta medicamento. E até agora não faltam profissionais. O Hospital Santa Casa tem sido parceiro e o Hospital São Paulo também está à disposição caso precisemos”.

O prefeito ainda disse que espera que o centro seja como um seguro de vida. “Quero que seja igual a um seguro de vida ou de carro, quando pagamos para não usar”.

Bongiorno comunicou a contratação de nove médicos e 20 enfermeiras. Além da inauguração de mais dois postos de saúde na segunda-feira, 18. “Cada um terá mais uma equipe para atender a população. Além do centro, teremos mais dois postos de saúde”, informou.

A secretaria saúde, Michelly Pricinotto, disse que o centro será uma extensão do trabalho dos municípios e dos profissionais. “O centro foi projetado pensado como uma forma de prevenção e de acolhimento à população, uma extensão do trabalho do município”, afirmou.

Michelly ainda parabenizou os profissionais da saúde e enfermeiros pelo trabalho que tem sido feito e pelo Dia Internacional da Enfermagem, comemorado nesta terça-feira, 12 de maio.

No evento também estavam presentes o deputado Jonas Guimarães; o prefeito de Jussara e presidente da Amenorte, Moacir Luiz Pereira Valentini, o Tatinha; a chefe da 13ª Regional de Saúde, Adriana Guimarães; a secretária executiva do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde Centro Noroeste do Paraná (Ciscenop), Andrea Fancelli; o diretor institucional da Santa Casa, Gilmar Célio; o presidente da Câmara de Vereadores, Silvio Fernandes, o Silvio do Pátio; entre outros representantes da administração, saúde e do Corpo de Bombeiros.

Prefeito diz que Avenorte afastou 70 funcinários previamente

O prefeito Claudemir Bongiorno disse nesta terça-feira, 12, durante a inauguração do Centro de Atendimento à Síndrome Respiratória que a Avenorte, empresa da qual ele é um dos sócios-fundadores, afastou 70 funcionários que tiveram contato com um trabalhador do frigorífico que atestou positivo para a Covid-19. Na segunda-feira, 11, a direção da empresa divulgou uma nota informando que o número de trabalhadores que tiveram contato com o homem de 55 anos contaminado era de 50 profissionais, que já teriam sido afastados das suas funções e passaram a ser monitorados.

“Temos uma equipe boa. Dois médicos, e como damos valor à vida, afastamos 70 funcionários que andavam de ônibus com ele ou que trabalhavam próximas do paciente”, afirmou o prefeito, se referindo ao homem contaminado que mora em Tuneiras do Oeste e usava o transporte cedido pela empresa em parceria com a prefeitura da cidade.

Segundo Bongiorno, o homem está sendo monitorado pela saúde de Tuneiras do Oeste e está bem. “Ele toma medicamentos, não tem nenhum sintoma e continua em sua residência”, esclareceu.

 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp. Basta acessar o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.