Tempo seco segue firme na região, apesar da chuva do meio de semana

Depois de um dia chuvoso, os ânimos com relação ao aumento da chuva se exaltam. Porém, não é o que a previsão marca. Depois da forte chuva da última quarta-feira, 18, quando o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) registrou um volume de chuvas de 53,3 milímetros, os próximos dias terão tempo quente e seco.

De acordo com o meteorologista Reinaldo Kneib, o tempo seco deve seguir até o meio da semana que vem. “Volta a chover para o final da semana. Mas mesmo assim, as chuvas devem ser mais localizadas. Portanto, a tendência é de um calor mais intenso nos próximos dias e chuvas mais volumosas pelo dia 28 e 27”, afirmou.

Neste mês, até o dia 20, o Simepar registrou 81,4 milímetros de chuvas.  A média história para o mês é de cerca de 150 milímetros. “Está um pouco abaixo, pouco mais da metade. Apesar das chuvas que podem ocorrer no final do mês, o nível médio não deve ser atingido”, esclareceu o meteorologista.

Conforme Kneib, a previsão atual segue o esperado pelo Simepar, dentro do esperado no início da primavera. “Ligeiramente abaixo e alguns pontos ainda mais seco. Dentro do esperado para a estação”, afirmou.

Segundo o meteorologista, no verão deve chover mais do que no período de primava, mas apenas disso ainda deve manter certa regularidade.

“Serão aquelas chuvas de fim de tarde, pancadas em alguns momentos mais fortes, mas ainda regulares”, disse.

As chuvas registradas nos últimos dias, não aliviam a situação hídrica enfrentada pelo Estado. “Não muda cenário, onde tem problema ameniza bem pouco, como no leste de Curitiba. O que ameniza um pouco é o risco de aumentar o rodízio de abastecimento. Ajuda um pouco nesse sentido, mas melhora a situação”, explicou Kneib.

Para que a crise seja resolvida é preciso de chuva durante vários dias de consecutivos. “Tem que chover acima da média em vários meses. Teríamos que ter o mês de dezembro até março acima da média, dessa forma recuperava bem o cenário. Mas, infelizmente, não é isso que está previsto. Essa retomada das chuvas não deve acontecer tão cedo”, finalizou o meteorologista. 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.