Prefeito recua e adota lockdowm a exemplo do decreto estadual

Da Redação

O prefeito Marcos Franzato (PSD) organizou, no fim da manhã de hoje, 1º, uma coletiva de imprensa para anunciar que estava adotando novas medidas para o decreto que o governo estadual havia determinado para Estado a partir de sexta-feira, 27: o fechamento total dos comércio da cidade por oito dias, excetuando aquelas atividades consideradas essenciais.

Também na sexta-feira, Franzato publicou um decreto horas depois do documento assinado pelo governador Ratinho Junior determinando uma pacote de medidas restritivas contra à Covid-19. Porém, o decreto município atendeu uma série de pedidos dos empresários do comércio varejista de Cianorte que não aceitaram o fechamento total de suas lojas durante uma semana.

Franzato acabou levando em conta esse pedido e flexibilizou o atendimento em 50% da capacidade, aliada à uma série de medidas. No entanto, a flexibilização provocou uma verdadeira avalanche de consumidores em Cianorte, principalmente no sábado, que com as suas cidades com o comércio todo fechado, preferiram vir à Cianorte fazer as compras da semana e do mês. O resultado disso tudo foi supermercados e lojas com grande fluxo de compradores.

Porém, ontem, o prefeito reuniu os veículos de comunicação da cidade para anunciar a mudança no decreto. “É uma conversa que eu tive agora de manhã com o governador Ratinho Junior, em torno da falta de oxigênio em algumas cidade do Paraná, decidimos então cumprir rigorosamente o que o Governo do Estado determinou que é o fechamento total do comércio varejista”.

Franzato disse que não concorda com o comércio pagar esse preço sozinho, mas ele justificou que, assim como na política, também é preciso priorizar o coletivo. Ele justificou a mudança na decisão, porque a cidade esta com os leitos de UTI todos lotados. O prefeito agradeceu os empresários que entenderam a decisão, assim como profissionais de saúde e médicos que estão atuando na linha de frente no combate à doença. “São decisões difíceis que a gente precisa tomar. São decisões que a gente nunca agrada 100%, mas á preciso toma-las”, explicou.

As mudanças passam a valer a partir da 0 hora de hoje. O prefeito também lembrou que a fiscalização vai continuar  nas ruas atenta a quem não respeitar as medidas, assim como a Polícia Militar.

Yoshito Mori

Marco Franzato também explicou que como a procura por atendimento médico especializado aumentou consideravelmente nas últimas semanas, a demanda do Centro de Atendimento à Síndrome Respiratória instalada na Centro Cultural Carlos Yoshito Mori, na Zona 4, além de ter sido reaberto, ampliou seu atendimento de 12 para 24 horas.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.