Motorista de ônibus que tombou em Guaratuba é levado para delegacia para prestar esclarecimentos, diz PRF

Por G1 PR

O motorista do ônibus que tombou na BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná, foi levado para a delegacia do município para prestar esclarecimentos sobre o acidente, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a Polícia Militar do Paraná (PM-PR), 21 pessoas morreram, sete pessoas foram socorridas em estado grave, seis pessoas tiveram ferimentos moderados e outras 20 pessoas tiveram machucados leves.

Segundo a PRF, o motorista do ônibus, de 68 anos, não se feriu. De acordo com a Polícia Civil, ele deve prestar depoimento ao longo da tarde.

O acidente aconteceu na altura do km 668, no trecho conhecido como Curva da Santa, por volta das 8h30, de acordo com a PRF.

O ônibus, que saiu do Paraná em direção a Santa Catarina, bateu na mureta de contenção da rodovia, saiu da pista e tombou em uma ribanceira.

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Ícaro Grenert, que participou dos resgates, as informações preliminares dão conta que o ônibus saiu sozinho da pista, sem se chocar em outro veículo.

“A gente não tem como falar se foi uma falha mecânica ou o que aconteceu. Ele caiu na ribanceira. Felizmente ele não caiu rio abaixo, que dá pelo menos 50 metros, então esse número de óbitos seria bem mais significativos”, disse o socorrista.

Resgate

Ambulâncias e helicópteros dos bombeiros do Paraná e de Santa Catarina socorreram os feridos moderados e graves e encaminharam as vítimas para Curitiba e Joinville.

As pessoas com ferimentos leves foram levadas para Garuva.

Segundo a PM, 54 passageiros e dois motoristas estavam no ônibus no momento do acidente.

O que diz a empresa

A empresa de turismo dona do ônibus afirmou que o veículo foi fretado por uma terceira pessoa.

A TC Turismo disse que está a caminho do local do acidente para prestar auxílio às vítimas e que está providenciando um meio de comunicação para prestar informações aos familiares.

“A TC Pires da Cruz informa que prestará todo apoio necessário às vítimas e familiares e não medirá esforços para amenizar a dor de cada um dos paraenses envolvidos no acidente, assim como a dos seus entes queridos, neste momento tão difícil para todos”, disse a empresa em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *