Historiador e arqueólogo visitam Rondon

Da Redação

A Divisão de Cultura DA Prefeitura de Rondon recebeu ontem a visita dos historiadores e arqueólogos Juliano Meneghello e Leilane de Lima. Os dois obtiveram vários dados sobre a história da cidade para futuros projetos.
Os historiadores revelaram que analisaram vários aspectos, incluindo o intuito da atual gestão em iniciar um projeto de “Casa da Memória” (museu), quais os caminhos a serem seguidos, estudos arqueológicos que podem ser desenvolvidos e procedimentos a serem tomados para início de um projeto desta potencialidade.
Os servidores João Paulo Calabrezi e Fábio Mazin garantiram diversas orientações sobre investigação e resgate histórico e arqueológico, preservação do patrimônio natural e cultural do município, e a fomentação de políticas para fortalecimento histórico cultural.
Os arqueólogos informaram que Rondon está em uma região com diversos vestígios arqueológicos de povos de até 12 mil anos atrás: “Aqui tem muita chance de encontrarmos estes vestígios como pontas de flechas, lâminas de machado, recipientes cerâmicos, entre outros”, afirma Liliane, “Para o procedimento de escavação, precisamos de uma autorização do governo federal, para isso, a organização é fundamental”, finaliza.
A Divisão de Cultura do Município de Rondon pretende retomar o trabalho de visitas às comunidades mais antigas do Município assim que os riscos da COVID-19 diminuírem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *