Escola suspende aulas presenciais após casos confirmados de Covid-19

Da Redação

A Escola Municipal Cecília Sato interrompeu suas aulas presenciais por orientação da Secretaria Municipal de Saúde, após a confirmação de dois casos de Covid-19 em funcionários do prédio onde funciona também a Escola Estadual Princesa Izabel.

De acordo com a Secretaria de Saúde, no prédio localizado na Zona 1 de Cianorte, um dos casos foi confirmado em  um professor da escola Cecília Sato e o outro uma servidora que trabalha na escola estadual Princesa Izabel, que deveria retornar as aulas presenciais essa semana. A decisão de interromper as aulas foi tomada por precaução. Até o momento não foi confirmado nenhum caso entre os alunos.

As aulas, de forma híbrida (metodologia de ensino que combina elementos presenciais e a distância) na rede municipal de ensino retornaram no dia 10 de maio, com 40% dos alunos esperados. Todas as escolas foram organizadas respeitando o distanciamento e higienização necessária. Os pais foram consultados e autorizaram o retorno dos alunos, através de termo assinado. Cada escola trabalha com próprio cronograma, de acordo com a demanda.

Houve mudanças e readaptações nos estabelecimentos, de acordo com o protocolo de medidas preventivas ao Covid-19. Os alunos não participam mais do recreio, mas sim de um intervalo, para se alimentarem e sem aglomerações. Profissionais ficam nas portarias verificando a temperatura e garantido a higienização de alunos e professores. O protocolo pede para que os pais não levem os filhos à escola caso apresentem qualquer sintoma gripal, mesmo que não tenha febre.

Vacinação

A vacinação dos profissionais da educação em Cianorte teve início na última quinta-feira, 20, com a faixa etária de 54 a 59 anos, na segunda-feira, 24, foi a vez do grupo de profissionais com 50 anos ou mais. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o cronograma segue conforme o recebimento de doses.

Neste primeiro momento, os profissionais da educação básica que vão receber o imunizante, pois de acordo com a Secretaria de Saúde, ainda não há quantitativo de doses para todos. O último boletim apontou 339 profissionais vacinados com a primeira dose. A prefeitura ainda não sabe informar quantos profissionais devem ser imunizados no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.