Costureira de 69 anos é morta pelo marido em Indianópolis

Da redação

A costureira Alice de Oliveira Duarte, de 69 anos, foi morta com um tiro no rosto, na noite de segunda-feira, 8, em Indianópolis. O marido, de 71 anos, que tem problemas de saúde e faz uso de andador, assumiu a autoria do crime e foi preso em flagrante.

A Polícia Militar foi acionada pelo irmão da vítima, que estava na residência na hora do crime. Uma equipe médica do município foi acionada, mas apenas constatou o óbito.

Quando os policias chegaram ao local, encontraram a vítima caída na sala da residência, e o marido sentado no sofá.

De acordo com os policiais, o aposentado Otávio Pinto não tentou reagir, e assumiu ter matado a esposa. Ele contou que os dois estavam discutindo há dias, e que no último desentendimento, ele teria confundido a régua de alumínio que ela estava na mão, com uma faca. Ele contou que tentou atirar para o alto e sem querer, acertou a esposa.

Com ele foi apreendido a arma usada no crime, um revólver marca Taurus calibre.38 Special, com seis munições, uma delas deflagrada. Questionado se haveria mais armas na residência, o autor entregou outro revólver marca Taurus calibre.38 Special, com cinco munições intactas, ambas as armas estavam sem o registro.

Alice era costureira, e muito conhecida na cidade. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal, encaminhado para Campo Mourão, e liberado aos familiares na tarde de terça-feira.

O autor do crime e as armas foram encaminhados a 21°Subdivisão da Polícia Civil em Cianorte.

O delegado Carlos Gabriel Stecca falou sobre o caso, “Ele já foi ouvido, contou sua versão do fato, deve permanecer ao departamento penitenciário de Cianorte. E por se tratar de um crime de feminicídio, o inquérito terá continuidade pela delegacia da mulher”.

Familiares contaram que Otávio sofria de um quadro de depressão profunda e que o crime poderia ser consequência de um surto, “As informações da situação mental dele, tanto na hora do crime, quanto o histórico médico, serão apuradas no decorrer do inquérito”, explicou o delegado.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *