Câmara de Vereadores aprovou 85 projetos sem seis meses

Assessoria CMC

 A Câmara de Vereadores de Cianorte, de forma transparente, tornou público o trabalho conjunto dos dez vereadores nos seis primeiros meses de 2021. Em mais de 180 dias, a Câmara realizou 22 sessões ordinárias e 5 sessões extraordinárias, com a aprovação de 85 projetos pelos 10 vereadores, sendo 26 de autoria própria.

Destaque para a aprovação em sessão extraordinária, em janeiro, por unanimidade, do Projeto da Zona Azul, que facilitará para todos os moradores de Cianorte e turistas para estacionar na cidade; bem como a autorização da implantação da tão sonhada Guarda Municipal de Cianorte para o final de 2022 e a criação da Secretaria Municipal de Defesa Social.

Em fevereiro, a criação Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, agora, Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Crianças e Adolescentes.

Já no mês de abril, também por unanimidade, foi aprovado o Auxílio Emergencial em Cianorte, no valor total de mais de R$ 819 mil, para 743 famílias com renda per capita mensal de até R$ 178; bem como para 350 profissionais do setor de eventos, em três parcelas mensais de R$ 250. Assim como, por 9 a 0, em sessão extraordinária de julgamento, a cassação do mandato do, agora, ex-vereador Dadá.

Em junho, houve a aprovação do Programa de Distribuição de Cascalho, cujo objetivo é atender pequenos produtores rurais de Cianorte e dos distritos com 40 metros cúbicos a cada seis meses, a fim de melhorar o acesso às propriedades.

De acordo com o presidente da Câmara, Wilson Pedrão (Republicanos), o balanço neste primeiro semestre é positivo. “A sensação que temos dos munícipes é que o trabalho dos dez vereadores, em prol da população, está sendo muito bom. No segundo semestre também será de muito trabalho, assim como ao longo dos quatro anos de mandato”, pontua o presidente, que ainda foram apresentadas 72 indicações legislativas, 492 requerimentos e 995 indicações, sendo que as principais a população acompanha, semanalmente, pelas redes sociais da Câmara e pelos meios de comunicação parceiros. 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *