Aulas na rede municipal começam de forma híbrida também no dia 18

Agência Estadual

Com o anúncio do retorno às aulas, efetuado pelo Governo do Paraná e marcado para o dia 18 de fevereiro, conforme Decreto Estadual Nº 6.637/2021, é importante esclarecer e reforçar aos pais e responsáveis que, tanto na rede estadual quanto na municipal, ocorrerá pelo modelo híbrido, de maneira escalonada, em grupos e com revezamento. Entenda o que significa cada parte deste processo e como estão os preparativos pelo município:

– Modelo híbrido: as atividades serão realizadas com parte dos alunos assistindo às aulas de forma presencial nas escolas, enquanto outra parte realiza as atividades impressas em casa. Os pais ou responsáveis que decidirem pelo atendimento presencial deverão apresentar termo de ciência assinado.

– Escalonamento: o retorno será gradual, por séries, seguindo a ordem decrescente. Os primeiros a voltar serão os estudantes com mais idade, como os da Educação de Jovens e Adultos – EJA, Classes Especiais, Salas de Recursos Multifuncionais e 5º ano do Ensino Fundamental.

– Grupos: em uma mesma turma/série, os alunos serão divididos em grupos, de acordo com a capacidade de cada sala de aula (estabelecida pelo cálculo de distanciamento de 1,5 metro por carteira).

– Revezamento: os grupos terão escalas para que sejam atendidos presencialmente por uma semana. Isto significa que, no modelo híbrido, a frequência às aulas presenciais não substitui totalmente as atividades não presenciais, visto que, enquanto um grupo está na escola, outro estará em casa, fazendo as atividades impressas.

Preparativos

Para a rede municipal, que segue o sistema e calendário de ensino do Governo do Estado, há uma regulamentação que permite o retorno presencial e não presencial das aulas para alunos do Ensino Fundamental (escolas), a partir do início do ano letivo, marcado para 18 de fevereiro. Já os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) ainda aguardam parecer do Conselho Estadual de Educação.

Assim, uma vez que o processo de retorno às aulas presenciais é extremamente complexo, exigindo que as decisões sejam tomadas de maneira conjunta e articulada, de acordo com as determinações legais da União, Estado e Município, a Secretaria de Educação e Cultura de Cianorte está empenhando esforços na organização para atender com segurança e respeitando a legislação.

Seguindo a resolução do Comitê “Volta às Aulas” em conjunto com a SEED, o Município elaborou um Plano de Contingência com medidas de prevenção à Covid-19, que está sendo analisado pela Vigilância Sanitária, e disponibilizou um questionário aos pais ou responsáveis dos alunos das 15 escolas municipais para levantamento da quantidade de estudantes que estarão aptos para a volta às aulas. Até o momento, cerca de 3.500 responderam (metade do público-alvo), sendo que 54% afirmaram que sim e 46% que não. Para concluir esta fase, a Secretaria de Educação salienta a necessidade dos demais pais participarem da pesquisa, pois reflete diretamente no dimensionamento da demanda a ser atendida.

Enquanto isso, a Prefeitura está adquirindo os equipamentos de proteção individuais (EPIs) e outros materiais de higiene necessários (como álcool gel e líquido 70%), por meio de processos licitatórios que estão em andamento; além de preparar a estrutura das escolas e verificar a capacidade de cada unidade para o atendimento, conforme as especificações de segurança, que será de no máximo 50%.

A projeção de retorno às aulas, que pode ser modificada a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município, tem início no dia 18 de fevereiro, com a Educação de Jovens e Adultos (EJA), Classes Especiais e Salas de Recursos Multifuncionais. Em 1º de março será a vez das Salas de Apoio e, no dia 08 de março, as séries de 5º ano do Ensino Fundamental. As datas para as demais séries serão divulgadas conforme a projeção for se concretizando.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.