Tuneiras confirma primeiro caso; homem é funcionário da Avenorte

A Prefeitura de Tuneiras do Oeste confirmou nesta segunda-feira, 11, no fim da tarde, o primeiro caso de Covid-19 na cidade. O paciente, um homem de 55 anos, está em isolamento domiciliar e não apresenta sintomas. Ele é funcionário da empresa Avenorte.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Tuneiras de Oeste, o homem deu entrada no serviço de epidemiologia no dia 5 de maio e teve o seu exame coletado no dia 7. Ele segue em isolamento domiciliar e é orientado pela equipe de saúde. O paciente está sendo medicado e não apresenta sintomas graves.

Conforme a prefeitura da cidade, a equipe técnica toma todas as medidas necessárias e está em contato com pessoas que possivelmente tiveram contato com o paciente.

Em nota, a Avenorte informou que o seu funcionário foi afastado de suas atividades desde o dia 5 de maio, data em que deu entrada ao sistema de saúde. Ele segue monitorado pela empresa e pela secretaria de saúde.

Como medida de prevenção, a empresa afastou todos os trabalhadores, mesmo sem sintomas, que tiveram contato com o paciente e realizará o monitoramento de todos durante o período de quarentena junto às secretarias de seus municípios.

Com a confirmação, a microrregião polarizada por Cianorte registra 28 casos confirmados da doença, destes 24 são de Cianorte. Os outros casos foram registrados em  Japurá, Jussara e São Manoel do Paraná. 

Cianorte

O primeiro caso de Covid-19 em Cianorte foi registrado no dia 12 de março. Nesta terça-feira, 12, dois meses depois da confirmação, a cidade tem um saldo de 24 casos da doença, já estabeleceu diversos decretos de prevenção ao vírus e cuidados para reduzir sua propagação, determinou o uso obrigatório de máscaras, fechou o comércio e o reabriu, interditou estabelecimentos e ainda registrou um óbito causado pelo coronavírus.

A pandemia do vírus ainda deixou pessoas desempregadas e incertezas com relação à economia, à saúde e também quanto ao final da situação.

A capital do vestuário conta hoje com quatro pessoas em isolamento domiciliar, uma internada, 18 recuperadas e um óbito. Além de 118 casos descartados, 62 monitorados e sete em investigação.

Há uma semana, a prefeitura de Cianorte não registrou alteração no número de confirmações.

Máscaras

Com apoio do Governo do Estado, em pouco menos de dois meses cerca de 36 mil máscaras-escudo foram fabricadas e chegaram a instituições públicas e privadas da saúde, secretarias municipais e forças de segurança. A ação atravessa o Paraná de Norte a Sul, Leste a Oeste.

Os equipamentos são fabricados pelas universidades estaduais e pelo sistema penitenciário. Além disso, o Estado também desenvolveu um sistema pioneiro de recolhimento e distribuição das máscaras-escudo feitas pela iniciativa privada, pública ou individual a partir de impressoras 3D.

Esse segundo trabalho começou no final de março de maneira regionalizada em Curitiba e Região Metropolitana e ganhou corpo com a ativação de uma aba no site www.coronavirus.pr.gov.br para conectar a cadeia de fabricação de máscaras de proteção de todo o Estado.

Cerca de 25,8 mil máscaras-escudo foram distribuídas a partir dos carros oficiais do Governo do Estado para praticamente todos os hospitais de Curitiba e Região Metropolitana. A Defesa Civil colabora com a logística de distribuição nos municípios mais distantes da Capital, onde a fabricação é menor que a demanda – 4 mil já foram entregues nas instituições do Interior que fizeram os pedidos.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp. Basta acessar o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.