Sesi no Paraná oferta testes de diagnóstico da Covid-19 para indústrias

Ainda no início da pandemia do novo coronavírus, o Edital de Inovação para a Indústria abriu a chamada “Missão contra Covid-19”. O foco foi em projetos envolvendo prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. O Hilab, proposta da Hi Technologies, foi um dos primeiros aprovados pela chamada. Ele já estava disponível em farmácias para a detecção de outras doenças, mas com o surgimento do novo vírus, foi aplicado e validado para o teste de Covid-19.

A adaptação foi feita em parceria com o Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica, em Curitiba, que disponibilizou pesquisadores, infraestrutura e apoio financeiro, melhorando o teste com metodologias de pesquisa desenvolvidas por profissionais de Saúde do Sesi no Paraná. Por meio da parceria foi possível aumentar a capacidade produtiva do Hilab.

Testes à disposição da indústria

Com o objetivo de apoiar as indústrias, a partir de agora, o Sesi no Paraná, por meio do Programa Sesi de Prevenção e Orientação à COVID, passa a ofertar o Hilab para as indústrias  a preços acessíveis – a partir de R$ 98, com desconto para sindicatos e indústrias associadas (a partir de R$ 78). “Precisamos de uma retomada gradual da economia e, para isso, é preciso preservar a saúde de nossos trabalhadores. Com os testes, as indústrias poderão elevar seus padrões de segurança”, afirma Carlos Valter Martins Pedro, presidente do Sistema Fiep.

Na própria indústria ou unidade do Sistema Fiep, profissionais de saúde do Sesi realizam a coleta de sangue e o Hilab faz a digitalização e a leitura dos dados da amostra, para então enviar as informações para o laboratório. Em 20 minutos o trabalhador recebe o laudo do exame pelo celular, além de ficar disponível no portal do laboratório para o médico do trabalho da indústria e do Sesi. A indústria tem também à disposição um painel de gerenciamento de contaminação e pode relacionar seus índices com os do município e estado, além de ter a orientação do Sesi sobre os resultados.

Todos os componentes do kit do Hilab são registrados na ANVISA, do laboratório (80583710007) à tira reagente (81325990118). O teste tem grau de confiabilidade de 98,6% para imunidade e de 92,9% para infecção aguda, se todos os protocolos para coleta forem seguidos.

Para saber mais acesse sesipr.com.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.