Paraná segue Anvisa e suspende vacinação de grávidas com a AstraZeneca

Por Bem Paraná

A secretaria de Estado da Saúde do Paraná emitiu nota pública no início da noite de ontem orientando que os municípios suspendam temporariamente a vacinação da Astrazeneca/Fiocruz para as gestantes, conforme recente posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até novo entendimento.

“A Sesa ressalta ainda que a bula do imunizante deve ser seguida, especialmente com a devida avaliação e acompanhamento médico. Para as gestantes que já foram vacinadas, é importante que os serviços de saúde monitorem qualquer reação adversa”, diz a nota da Sesa.

A Anvisa emitiu nota no final da noite de segunda-feira, recomendando a suspensão imediata do uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford em gestantes. No Brasil, o imunizante é produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). A decisão é resultado do monitoramento de efeitos adversos do imunizante. Agora, só podem ser aplicadas nas grávidas a CoronaVac e a vacina da Pfizer.

A Prefeitura de Curitiba informou que para a imunização deste grupo tem usado a vacina da Pfizer.

Comorbidades

A Secretaria da Saúde de Curitiba amplia, a partir de hoje, a vacinação da primeira dose contra Covid-19 para pessoas com comorbidades de 57 anos ou mais.

O cronograma para esse grupo foi aberto ontem, e seguirá por critério de idade, do mais velho (59 anos) para o mais novo (até 18 anos completos).

O atendimento acontece das 8h às 17h, nos 18 pontos de vacinação da cidade. Todos devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência em Curitiba e levar uma caneta.

A vacinação também segue com a imunização de gestantes, puérperas e pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos.

Para facilitar o processo de vacinação e evitar filas, a Secretaria Municipal da Saúde pede que as pessoas que não são pacientes do SUS Curitibano preencham antecipadamente o cadastro na plataforma Saúde Já, pelo aplicativo de celular ou pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br.

Nesta etapa, a Secretaria Municipal da Saúde atenderá quem comprovadamente tenha algum dos 22 tipos de doenças preexistentes listadas no Plano de Imunização Contra a Covid-19, do Ministério da Saúde (confira abaixo a lista de comorbidades).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *