Grupo de monitorados em Cianorte aumenta 44% em oito dias

O grupo de pessoas monitoradas pela Covid-19 Secretaria Municipal de Saúde de Cianorte aumentou nos últimos oito dias. No dia 16 de abril o grupo contava com 30 pessoas, já no último boletim divulgado pela Prefeitura de Cianorte, nesta quinta-feira ,23, o número subiu para 44. Os monitorados são as pessoas que estiveram em locais de contaminação confirmada, voltaram de viagem ou que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados do Covid-19 que estão sob o monitoramento da Secretaria Saúde pelo período de 14 dias.

Os casos monitorados começaram a ser divulgados nos boletins diários da administração no dia 15 de abril, mas existem desde o surgimento dos primeiros casos do coronavírus em Cianorte. Conforme confirmou a prefeitura da cidade, a administração tornou o número público para aumentar a transparência das informações transmitidas para a população.

De acordo com informações da prefeitura e Secretaria de Saúde, os números de monitorados não apresentam perigo de novas confirmações do vírus, pois as pessoas que se enquadram nesse grupo não apresentam sintoma. Porém, caso venham apresentar, a secretaria irá colher o exame e ela passará a ser considerado como um caso suspeito.

Como esclareceu a prefeitura, os casos monitorados são diferentes dos investigados, que são os que tiveram material coletado (conforme protocolo do Ministério da Saúde) e aguardam o resultado do exame. 

No momento, a Capital do Vestuário conta com sete casos investigados, 71 descartados, um em isolamento domiciliar, 13 recuperados e um óbito.

Histórico de casos

O primeiro caso registrado em Cianorte aconteceu no dia 12 de março. A infectada foi uma mulher de 47 anos que retornou dos Emirados Árabes Unidos (EAU) junto a um grupo de viajantes. O segundo caso, confirmado em menos de uma semana, dia 17, foi de outra mulher, de 62 anos, que retornou com o mesmo grupo de viagem.

No dia 21 foi registrado o terceiro caso. Um homem de 65 anos teve contato com uma das pessoas do grupo que foi para os EAU. Ele foi internado em Umuarama na época, mas se recuperou bem. No domingo do mesmo fim de semana, 22, outra pessoa do grupo de viagem teve confirmação. Um homem de 54 anos foi o quarto caso confirmado na cidade.

No dia seguinte, segunda-feira, 23, a Secretaria Municipal de Saúde informou mais duas confirmações. Duas mulheres, de 33 e 43 anos, tiveram contato com alguém do grupo de viajantes e foram contaminadas.

O sétimo caso foi registrado na sexta-feira, 27. Um homem de 26 anos foi confirmado com Covid-19 depois de retornar de uma viagem para São Paulo. Já o oitavo caso, registrado no dia 31, foi de uma mulher de 39 anos que também teve contato com parentes dos integrantes do grupo que retornou da Ásia em março.

O nono caso foi registrado no dia seguinte, 1° de abril. Trata-se de uma mulher de 75 anos, que, assim como a maioria dos outros casos, teve contato com um familiar que havia se contaminado com um dos integrantes da viagem aos EAU.

No dia 2, a Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura de Cianorte confirmaram mais dois casos na Capital do Vestuário. O primeiro deles é de um homem de 80 anos. O paciente havia realizado um cruzeiro nacional entre os dias 9 a 13 de março. A vítima, segundo a Secretaria de Saúde, ficou internada em um dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Cianorte e faleceu.

O segundo caso registrado no dia, é de um homem de 45 anos que, teve contato com um dos integrantes do grupo de viajantes.

Dois novos casos de coronavírus foram confirmados em Cianorte no dia 6. Um homem de 51 anos e uma mulher de 44 anos tiveram contato direto com um dos casos positivos e foram infectados pelo vírus.

A Prefeitura de Cianorte confirmou o 14° caso de coronavírus na cidade no dia 12. Trata-se de uma mulher de 45 anos, profissional da saúde, que se contaminou ao atender um dos casos confirmados.

O 15°, último caso registrado até o momento, foi confirmado na segunda-feira, 20. Um menino de um ano foi internado em Maringá por três dias onde teve a confirmação da doença por meio de teste de laboratório privado. A família da criança teria recebido a visita de parentes que vivem na capital do Estado. O menino representa o único caso em isolamento.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.