Governo suspende cirurgias eletivas; ‘estamos perto do colapso’, diz secretário

O governo do Estado suspendeu as cirurgias eletivas em todo o Paraná. A medida está no decreto 1412, editado na noite desta quinta-feira, 26, e deve entrar em vigor por 30 dias, a conta de 1º de dezembro. A informação foi dada na manhã de sexta-feira, 27, pelo secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, em entrevista ao jornal matinal da RPC, Bom Dia Paraná, e ocorre na mesma semana que as cirurgias eletivas foram suspensas em toda a rede púiblica e privada de Curitiba.

Beto Preto explicou que a decisão foi tomada após os números da Covid-19 no estado terem se agravado nos últimos dias. “A medida tem como objetivo liberar as equipes de atendimento para os casos de Covid-19, por enquanto seguem liberadas as cirurgias ambulatoriais”, disse Preto.

“Estamos muito próximos de um colapso”, expilcou o secretário. Beto Preto ressaltou que se não forem tomadas medidas agora, em 15 dias, o número de casos poderá crescer três vezes, o que significaria um colapso da rede de atendimento. 

Beto Preto disse que a medida foi adotada após conversas com o prefeito de Curitiba Rafael Greca e o vice-governador, Darci Piana. “Levamos ao governador esses números e deveremos ter novidades a partir da semana que vem”, adiantou. 

Questionado sobre a desativação de leitos há poucos dias, Preto explicou que a Saúde esperava a agudização do casos no fim do verão, mas que a movimentação da campanha eleitoral havia antecipado esses casos. “Então não quer dizer que houve erro de planejamento, apenas uma adequação do sistema ao número de casos”, disse.

O secretário explicou ainda que enquanto não se tiver uma vacina e um tratamento mais preciso contra essa doença essa deve ser a dinâmica do sistema para atender a demanda da população e conseguir atender a todos que precisarem de atendimento. 

Beto Preto adiantou que novos leitos já serão ativados em Umuarama, Guarapuava e Maringá. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.