Agentes da dengue encontram 25 focos do mosquito em um único dia

Agência Estadual

Em Cianorte, o mês de janeiro de 2021 bateu recorde em volume de chuva, com o maior índice registrado nos últimos 20 anos durante o período. Foram quase 400 mm que, somados ao tempo quente, elevam a preocupação com os criadouros do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Para se ter ideia do quão propícias estão as condições para o desenvolvimento do mosquito, somente na última quarta-feira (03), os agentes de combate às endemias encontraram 25 focos durante as visitas de rotina aos imóveis.

“As situações com as quais temos nos deparado, principalmente em residências, são alarmantes. A maior parte dos focos é encontrada em lonas, tambores e lixo descartado incorretamente, em especial, recipientes como garrafas, potes e latas. Isto nos leva a reforçar o fato de que as pessoas precisam ter mais cuidado em suas casas, eliminando todos os possíveis criadouros”, destacou a supervisora do Programa de Combate às Endemias, Vera Lúcia Fusisawa.

“Nos casos citados, por exemplo, é preciso providenciar a embalagem e destinação corretas do lixo; a verificação de acúmulo de água nas dobras das lonas; e tampar devidamente os tambores de armazenamento da água da chuva que, neste período, estão sendo verdadeiros vilões, visto que muitas pessoas estão fazendo a captação em recipientes inadequados, favorecendo a proliferação de larvas”, orientou a chefe da Divisão de Vigilância em Saúde, Izabela Correa Batista.

“É importante lembrar que uma simples tampinha de garrafa com água já é o suficiente para o desenvolvimento do mosquito. Por isso, a população não deve aguardar a visita do agente para eliminar os possíveis criadouros e focos. É preciso que as pessoas tenham o hábito de fiscalizar seus próprios imóveis e destinar corretamente o lixo gerado neles”, concluiu a secretária de Saúde, Rebeca Galacci.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *