“Chegou a hora de retribuir”

A voz mansa, os gestos equilibrados e as frases bem formuladas cadenciam a personalidade do médico Everton Ney José (PSD) que se apresenta como uma das opções ao eleitorado em Japurá, pequena cidade da região, com pouco mais de 9 mil habitantes.

“Chegou a hora de poder retribuir tudo que essa cidade fez por mim e pela minha família”, resume o candidato ao ser questionado porque decidiu colocar o seu nome à prova na disputa pela prefeitura da cidade após uma vida inteira trabalhando no hospital e maternidade local e atendendo nos postos de saúde da comunidade.

Junto do seu vice, o professor Otávio de Carvalho Souza (MDB), o médico e candidato fez uma visita de cortesia essa semana à redação da TRIBUNA DE CIANORTE. Ele foi recebido pelo diretor do jornal, empresário Jedaías Belga.

Segundo o cirurgião geral de 66 anos, quando ele chegou à cidade ainda em 1988, a cidade era menor ainda, tinha menos estrutura, mas ele sabia que em Japurá era o lugar perfeito para fincar raízes e criar seus filhos com qualidade de vida ao lado de pessoas que gostava. Acertou em cheio.

Everton e sua esposa, Mara, nunca mais deixaram a cidade.  Mais que isso, passaram a investir o que ganhavam na terra que os acolheu. O médico investiu na sua carreira, montou um hospital, e depois, acreditando no potencial da cidade, resolveu expandir seu patrimônio e negócios gerando empregos e renda para cidade. Além de médico também é produtor rural e faz questão de se apresentar avicultor.

Os 32 anos de ofício só em Japurá deram bagagem para o médico que, conversando com seus pacientes, entendeu os problemas da cidade. Ao longo do tempo, estudioso, foi buscando saídas e projetou soluções para os principais problemas cidade. “Quero investir prioritariamente em saúde, geração de empregos e segurança pública”, revela.

Com a experiência de profissional de saúde, quer aumentar o número de profissionais de medicina atendendo a população, inclusive com a contratação de um pediatra, aumentar a oferta de medicamentos na farmácia básica do município e contratar mais um fisioterapeuta para atender acamados em casa. Além disso, pretende concluir o processo de transformação na unidade hospitalar da cidade em entidade filantrópica para que possa receber recursos e subvenções dos governos federal e estadual.

Junto do seu candidato a vice-prefeito Otávio de Carvalho pretende incentivar a criação de micro e pequenas empresas, apoiar microempreendedores a produzir e criar uma incubadora na cidade para abrigar esses pequenos projetos. 

Já na segurança pública,  planeja conseguir uma viatura exclusiva da Polícia Militar para cidade, assim como a permanência de uma equipe de policiais na cidade. Hoje essa patrulha é dividida com a cidade vizinha de São Tomé. Dr. Everton também quer instalar um sistema de monitoramento com câmaras de segurança espalhadas por pontos estratégicos da cidade. O sistema será fortalecido com uma central de monitoramento que deve ser instalada na delegacia ou no Destacamento da Polícia Militar.

“Quero ser prefeito para continuar fazendo aquilo que sempre fiz como médico: ajudar as pessoas. Quero melhorar a vida dos moradores e oferecer um futuro melhor para as novas gerações. Meu compromisso não é só com o agora, mas também com o futuro”, encerra o candidato.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.