Como economizar em tempos de crise?

Os tempos de crise financeira faz as pessoas repensarem o modo de viver e como organizar suas economias. Para isso, é importante saber como economizar nesses períodos e encontrar maneiras de se sair melhor em meio ao caos financeiro.

A maioria das pessoas não consegue se sair bem em crises financeiras por não estarem preparadas para tal situação. Isso exige um planejamento anterior e muitas pessoas não têm conhecimento ou condições suficientes para se preparar para uma crise antes que ela chegue.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas importantes para você aprender a economizar em tempos de crise e algumas informações relevantes que podem te ajudar a ter mais segurança caso a crise volte ou esteja presente somente nas suas finanças.

Comece organizando suas finanças

O primeiro passo para começar a economizar em tempos de crise é descobrir para onde o seu dinheiro vai. Para isso você vai precisar fazer um relatório detalhado dos seus gastos mensais para saber como o seu dinheiro está sendo gasto.

Comece reunindo informações de meses anteriores para ter uma noção média de seus gastos. Quantos mais meses você conseguir, maior será a precisão, mas por via das dúvidas, sempre estime um valor acima para que assim você não tenha surpresas desagradáveis quando as contas chegarem.

Contudo, é importante deixar uma margem de segurança porque nunca sabemos quando será preciso gastar mais. Veja quais despesas você não deve se esquecer:

  • Aluguel e condomínio
  • Energia
  • Água
  • Gás 
  • Comida 
  • Transporte
  • Lazer
  • Roupas e acessórios
  • Beleza e saúde 
  • Internet

Você vai precisar colocar absolutamente todos os gastos no papel para saber onde cada centavo do seu dinheiro está sendo investido, assim será possível tomar melhores decisões.

Se for o caso, utilize também os apps de finanças para ter maior controle das suas despesas. Algumas boas opções são: Guiabolso, Mobills, Organizze e Minhas Economias.

Corte o cartão de crédito na crise

O cartão de crédito é um dos maiores vilões de quem deseja economizar, pois ele deixa a falsa impressão de que o consumidor tem um dinheiro que na verdade não possui. 

Opte por comprar somente à vista ou no débito. Assim você vai conseguir ter mais controle e não vai sair comprando ao achar que vai ter dinheiro para pagar o cartão.

Utilizar o cartão de crédito em tempos de crise é andar na corda bamba, pois com os cenários instáveis, não se sabe ao certo quanto será a renda dos próximos meses e se de fato ela irá existir.

Negocie e elimine suas dívidas 

Dívidas são sugadores de dinheiro por conta dos juros. É preciso que se faça um levantamento de todas as dívidas para conseguir negociar melhores condições de pagamento.

Em um momento de crise no país ou global, as empresas estão necessitadas de caixa e é possível fazer um bom acordo nas negociações das dívidas para eliminar a cobrança de juros por atraso.

Por isso, saiba quais são as características das suas dívidas, como valor inicial, taxas de juros, condições de pagamento e entre em contato com os credores para fazer bons acordos de quitação ou pagamento parcelado.

Ainda não tem dinheiro para pagar as dívidas? Mais abaixo falaremos um pouco mais sobre renda extra para ajudar você a dar conta das despesas e melhorar a sua situação na crise. Por enquanto, vamos continuar a falar das formas de economizar.

Faça as mudanças necessárias 

Os tempos de crises exigem, às vezes, medidas extraordinárias para que seja possível dar conta das despesas no fim do mês. Por isso, pode ser necessário que você faça algumas mudanças no seu dia a dia com relação a despesas para economizar algum dinheiro. 

Agora que você já fez um levantamento das suas despesas, tem uma melhor perspectiva do que pode ser cortado ou substituído, veja algumas sugestões.

  • Desligue os aparelhos enquanto não estiver utilizando
  • Desligue o chuveiro em tempos de calor
  • Troque o restaurante ou lanchonete pela comida caseira
  • Troque o transporte no carro por transporte público
  • Encontre opções mais baratas ou gratuitas de lazer
  • Divida as assinaturas entre amigos e familiares
  • Reveja a necessidade de certas assinaturas
  • Utilize o telefone pré-pago
  • Considere fazer unhas, depilação ou outras coisas de beleza em casa
  • Evite comprar roupas e acessórios sem precisar
  • Compre em lojas mais baratas 
  • Pesquise preços de promoções dos produtos que mais usa

Reveja o seu padrão de vida

Para organizar as suas finanças pode ser que você precise repensar o seu padrão de vida. Seja em tempos de crise ou não, viver um degrau abaixo do que você ganha é uma ótima estratégia para sobrar mais dinheiro no fim do mês.

Em tempos de crise, você pode considerar alugar um imóvel mais barato e com condomínio mais barato, frequentar lugares mais baratos e realmente rever tudo aquilo que pode ser um luxo e deve ser cortado temporariamente.

Muitas pessoas gastam no limite do que ganham e isso é realmente muito arriscado. É necessário sempre se planejar para sobrar dinheiro no fim do mês para investimentos e, principalmente, para uma reserva de emergência.

Construa uma reserva de emergência 

Uma reserva de emergência é importante para te ajudar a superar momentos de crise ou emergências como conserto do carro, emergências médicas ou odontológicas e outros gastos inesperados.

Agora que você já aprendeu como é possível economizar e ter mais controle sobre as suas finanças, é possível que sobre algum dinheiro no fim do mês e é com ele que você começa a constituir a sua reserva. Veja como fazer isso:

  1. Junte um valor de 6x a 12x os seus gastos mensais. Quanto menor for a estabilidade do seu emprego, maior o valor da emergência. 
  2. Escolha uma opção de investimento de liquidez diária e conservadora para guardar esse dinheiro. Exemplos: CDBs 100% do CDI, NuConta ou Tesouro Selic.
  3. Utilize este dinheiro somente em casos de emergência e reponha assim que possível. Essa quantia não deve ser utilizada para compras, investimentos ou qualquer outra finalidade que não sejam gastos emergenciais de alta prioridade.

Procure formas de renda extra

Ganhar mais é o que vai mudar o jogo das suas finanças. Mas tenha atenção, pois mesmo que você ganhe mais, é preciso ter controle das suas finanças e economizar para que você tenha dinheiro sobrando, seja para realizar seus objetivos ou passar por uma crise financeira.

Você pode investir em opções online de renda extra, onde na maioria das vezes você só vai precisar contratar um servidor de host da hostinger, comprar um domínio para criar um site, um blog ou algo do tipo.

Os servidores de host geralmente são bem baratos e você ainda pode ganhar o registro de domínio para começar um. Um negócio online que vai te dar uma boa renda extra e quem sabe até uma renda principal.

Certifique-se de que está escolhendo um bom host com muitos benefícios para conseguir tirar melhor proveito do seu negócio online. Algumas maneiras de ganhar dinheiro na internet são:

  • Blog com bom conteúdo monetizado por anúncios, vendas e publicidades pagas
  • YouTube com bom conteúdo (mesmas formas de monetização)
  • Criação de sites para venda (você ganha desenvolvendo estes sites)
  • Trabalhe como afiliado, por redes sociais ou money sites
  • Trabalhe como freelancer (designer, redator, tradutor e outros)

Em todos os casos que você escolher, sempre opte por fazer um site para os seus visitantes que serão sua audiência. Com boas escolhas de host você não terá problemas com investimento online (que é muito barato), muito menos com segurança ou funcionalidade.

Outras formas de ganhar dinheiro fora da internet são:

  • Vender doces e lanches
  • Lavar carros
  • Cuidar de cachorros
  • Vender produtos como consultor
  • Trabalhar nos apps de entrega 
  • Trabalhar em apps de transporte
  • Fazer artesanato para vender

Conclusão 

Viu como pode ser fácil organizar suas finanças e economizar em tempos de crise? Colocamos o nosso conteúdo de uma forma em que você pode seguir todos os passos e conseguir melhorar cada vez mais a sua situação financeira.

Não se esqueça em utilizar ferramentas que podem te ajudar a economizar, como os apps de finanças, apps de rastreamento de preços, bancos digitais e muitos outros. Eles podem facilitar muito a vida de quem deseja economizar, por conterem informações valiosas, como cupom de descontos, por exemplo.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Deixe o seu comentário nos contando como você se organiza para economizar mais. Compartilhe também este post com seus amigos que precisam de uma ajudinha para controlar as finanças.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *