ADI-PR

Aulas presenciais
O deputado estadual e líder na Assembleia Legislativa do Paraná, Hussein Bakri (PSD) reforçou a importância da retomada às aulas presenciais com cuidado e atenção ao protocolo sanitário de prevenção contra o coronavírus. “627 escolas estaduais estão retomando esta semana as aulas presenciais somando-se às outras 200 em funcionamento há duas semanas. Esse retorno é importantíssimo para que o aprendizado e o desenvolvimento de milhares de jovens não seja comprometido. Com os devidos cuidados e a conscientização de todos logo superaremos essa pandemia”, disse Bakri.

Restrições
A Assembleia Legislativa do Paraná amplia medidas de restrições em razão do aumento de casos de Covid-19. A ato restringe o acesso de visitantes à sede do Poder Legislativo e limita o número de servidores em  Comissões, blocos, lideranças partidárias e gabinetes parlamentares. Aos servidores que não realizarem o trabalho presencial caberá o teletrabalho. Novas medidas poderão ser editadas caso haja alteração nas medidas adotadas pelos governos estadual e municipal.

Sustentabilidade
O Prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD), informou que está em tratativa com a Caixa Econômica Federal para iniciação de um programa de operação de crédito para compra de ônibus para prefeitura. “A operação de crédito que já está bem encaminhada para que possamos comprar ônibus modernos, de preferência os ônibus elétricos para que Foz do Iguaçu tenha ônibus sustentáveis. Os moradores precisam de um bom serviço com conforto e segurança, preferencialmente, em ônibus que não poluem o meio ambiente”, disse o prefeito.

Modelo de pedágio
O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, destacou a mobilização dos paranaenses tendo à frente a Assembleia Legislativa, os setores produtivos representados pelo G7 e principalmente pelas ações do governador Ratinho Júnior, pela mudança no modelo de pedágio que terá tarifa mais baixa e mais obras. “Ninguém mais aguentava transitar em estradas precárias pagando uma tarifa abusiva”, disse Traiano.

Caixa agro
O deputado federal Ricardo Barros confirmou que Santo Antônio da Platina ganhará em breve uma nova agência da Caixa Econômica Federal, além da já existente. A unidade será especializada em agronegócio.“O agronegócio é a principal força econômica do Paraná, nosso campo gera empregos, renda e produz com tecnologia de ponta. As novas unidades especializadas da Caixa vão assegurar crédito mais rápido e fácil para os produtores paranaenses”, disse Ricardo Barros.

Sistema remoto
Ao completar duas semanas da retomada das de forma híbrida e escalonada, a Secretaria de Educação de Pato Branco, anunciou o retorno ao sistema de ensino remoto, nas 57 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), que integram a Rede Municipal de Ensino. A volta ao sistema remoto de ensino na Rede Municipal, é justificada pelo Município como um reflexo do atual cenário da pandemia da covid-19. O Município também editou o decreto onde consta que tipo de comércio e de atividades não essenciais também deixam de funcionar aos domingos. Essa regra se aplica a restaurantes, academias, comércio em geral e supermercados.

Transparência
A prefeitura de Maringá ocupa a primeira posição do Paraná no índice de transparência em comparação com as grandes cidades do Estado. De acordo com o levantamento do Tribunal de Contas do Paraná, divulgado na semana passada, o município conquistou nota de 87,63%. Os dados para formação do ranking correspondem a 2020. Maringá aparece na frente de Curitiba (69,36%), Londrina (82,76%) e Cascavel (81,59%).

Emenda
O deputado federal Aliel Machado anunciou a destinação de R$ 735 mil para Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG),  R$ 335 mil serão para aquisição de equipamentos do Laboratório Universitário de Análises Clínicas (Luac) e R$ 400 mil para a piscina do campus Uvaranas. O recurso é fruto de emenda impositiva individual e transferência especial.

Medidas restritivas
Pesquisa semanal da Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que pelo menos 218 cidades do Paraná (66,9%) implantaram medidas restritivas de circulação ou atividades econômicas na semana passada para conter a nova onda de Covid-19, que já começa a pressionar o sistema de saúde do Paraná.

Mais rígidas
Ao falar do aumento do número de diagnósticos positivos para o coronavírus, o secretário Estadual de Saúde, Beto Preto, afirmou que o governo do Paraná estuda adotar medidas mais rígidas nesta semana. Beto Preto disse que o número de leitos de UTI específicos para Covid-19 será ampliado com a utilização de 150 a 300 leitos que, atualmente, são para tratamento de pacientes vítimas de traumas ou de outras doenças. “É a última cartada, estamos no limite”, disse o secretário ressaltando que os casos estão se avançado exponencialmente.

CPI da pandemia
A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, é a próxima testemunha a ser ouvida pela CPI da Pademia. O depoimento está marcado para terça-feira (25), às 9h. Mayra conseguiu junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de permanecer em silêncio se for questionada sobre fatos ocorridos entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, período que coincide com a crise de falta de oxigênio nas UTIs de Manaus.

Auxílio emergencial
A Caixa Econômica Federal realizou o depósito da segunda parcela do auxílio emergencial para mais um grupo de trabalhadores. O benefício foi creditado para os nascidos em julho e que não fazem parte do Bolsa Família. O pagamento foi antecipado e os valores estão disponíveis na conta digital. Antes, eles só receberiam no dia 2 junho. Os beneficiários também conseguem movimentar os recursos usando o Caixa Tem na rede lotérica de todo o Brasil. Saques e transferências para quem receber o crédito neste domingo serão liberados no dia 10 de junho.

Aluguel social
O governo federal lançará no segundo semestre a política de aluguel social. O objetivo do aluguel social é encontrar soluções para o déficit habitacional que chega a 5,9 milhões de moradias – número que se refere tanto a pessoas que não tem onde morar quanto àqueles que vivem em locais inadequados ou que gastam valores excessivos com aluguel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.