Projeto cria Santuário Ecológico e Escola de Valores em Cianorte

Da Redação

Criado em 2011, a Associação de Prática de Valores Humanos Tacurando, formado por voluntários, tem como objetivo desenvolver trabalhos em prol da sociedade – seja por meio de palestras ou visitas a instituições – incentivando a implantação de uma cultura filantrópica. Com esse objetivo, a associação começou a desenvolver um Santuário Ecológico e uma Escola de Valores, parte do projeto Seja Paz.

O Santuário e a Escola ficam na zona rural de Cianorte, entre a estrada Pala e a Preá. Cerca de 50 voluntários participam esporadicamente das atividades.

De acordo com o vice-presidente da associação, Evandro de Paula Oliveira, depois de anos trabalhando com a ação voluntária, o grupo percebeu a necessidade de trabalhar na área da educação voltada para uma cultura de paz. “Sabemos que somente através do poder transformador da educação é que acontecerão as mudanças que necessitamos na sociedade. Continuaremos com as nossas ações voluntárias nas instituições e acrescentaremos esse ‘novo braço’ no projeto, que tem como foco o Santuário Ecológico e a Escola de Valores Humanos”, contou Oliveira.

Tanto o Santuário quanto a Escola ficarão abrigados em uma área de quatro alqueiras, 98 mil metros quadrados, que foi cedida ao projeto.

Santuário Ecológico

Segundo Oliveira, o Santuário Ecológico será em um local de floresta nativa para recuperação do ecossistema. “Já começamos o plantio das árvores nativas, e o trabalho está sendo realizado por diversos voluntários e doações”, contou.

O santuário vai contar com recuperação com técnicas da agrofloresta, com trilhas para observação das espécies e pássaros; viveiro para produção de mudas de árvores nativas; horta orgânica modelo; jardim comestível e compostagem.

Escola de Valores Humanos

“Utilizando a cultura da paz, filosofia, psicologia e demais áreas do saber, queremos organizar conteúdos e desenvolver um método para trabalhar a educação dos valores humanos”, explicou o vice-presidente sobre o objetivo da Escola de Valores Humanos.

A ideia do projeto é formar grupos de estudos, realizar palestras, cursos e formações, equilibrando a teoria e a prática relacionada aos valores.

Conforme Oliveira, a escola será construída de forma sustentável, usando as técnicas da bioconstrução. “Será na área rural, junto ao Santuário Ecológico. Será aberta para todas as pessoas que se interessem pelo desenvolvimento dos valores humanos através da Cultura da Paz”, afirmou.

Para participar e ajudar 

O projeto é formado por voluntários e não possui fins lucrativos. As visitas e ações não são remuneradas. Os requisitos para participar é a disponibilidade, as habilidades artísticas e voluntárias serão desenvolvidas durante as palestras com os mentores.

Também é possível colaborar com o por meio de doações financeiras.

De acordo com o vice-presidente, o projeto convida todos a conheceram as atividades e a colaborarem, seja nas atividades práticas ou por meio de doeções. Os interessados podem entrar em contato por meio das redes sociais (Facebook Tacurando e Instagram @tacurandocianorte).

Doações podem ser feitas para o Sicredi – Banco: 748; Agência: 0718; Conta corrente: 12193-0; CNPJ: 39.879.163/0001-78; Titular: Tacurando Associação de Práticas de Valores Humanos.

Voluntários do Tacurando plantando mudas no Santuário Ecológico
Foto: Reprodução Projeto Tacurando

Associação se dedica aos trabalhos voluntários em entidades e hospitais

O Projeto Tacurando promove diversas ações, semanais e mensais, com o objetivo de promover ações de caráter filantrópico. Conheça algumas das atividades:

– Visitas Tacurando: Visitas em hospitais, creches carentes, clínicas de hemodiálise, Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), asilos, comunidades terapêuticas, entre outras;

– Café com Abraço: Distribuição de lanche, café, chá e abraços para os usuários do CISCENOP da região de Cianorte;

– Caravana Tacurando: Visitas domiciliares às pessoas que estão acamadas e/ou passando por algum momento de tristeza;

– Espaço de Terapias Integrativas: Trabalho voluntário realizado na sede urbana do projeto, nas seguintes áreas – psicologia, terapia assistida por cães, Reiki, terapias de grupo, Yoga, danças circulares, meditação, entre outras;

– Musicoterapia: Visitas hospitalares feitas por voluntários fantasiados com instrumentos musicais, como violino, violão, viola e cavaquinho.

– Artesanato: Setor que elabora, cria e confecciona lembranças do Projeto Tacurando;

– Projeto “Pedacinho de Mim”: Confecção de bonecas de pano a serem doadas para crianças em tratamento de câncer.

 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.