Homem usa nome da Santa Casa e Rainha da Paz para vender sacos de lixo

Áudios compartilhados em aplicativos de conversa informam que um rapaz tem vendido sacolas de lixo em nome do Hospital Santa Casa e da Associação Rainha da Paz. Segundo a informação do áudio, a venda dos plásticos seria revertida para as duas instituições. A ação foi negada pelas duas entidades, pois nenhuma realiza esse tipo de trabalho.

De acordo com o áudio divulgado, o rapaz que vendia os sacos informou que se a pessoa doasse R$5 ganharia quatro sacos de lixo, se doasse R$10 receberia oito sacos e caso colaborasse com R$20, a pessoa ganharia uma camiseta da Rainha da Paz ou de um sopão realizado por uma igreja católica da cidade.

Conforme explicou o coordenador da Rainha da Paz, Gabriel Estevo Faria, a associação não faz pedidos de doações ou venda de produtos em portas de residências. “Não vamos de porta em porta, e o nosso pessoal é uniformizado. Essa atitude é errada. É desumano fazer esse tipo de coisa com quem busca ajudar a população. Nós não autorizamos isso”, reforçou.

Segundo Faria, esse trabalho ainda pode prejudicar o trabalho da associação. “Ele fala que seria em prol da associação e isso não é verdade. Ele usa o nome da entidade para vender. Nós vivemos de doação e isso complica nosso trabalho”, afirmou.

O diretor institucional da Santa Casa, Gilmar Célio, também informou que o hospital não faz parte dessa ação.

Em nota, a Fundhospar (antiga Santa Casa), reforça que tem pedido doações de insumos, alimentos e dinheiro. Porém, informa que não promove venda de sacolas plásticas de lixo e nem qualquer outro tipo de produto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *