Parecer para criação do batalhão da PM em Cianorte deve ser anunciado em 60 dias

Da Redação

O projeto que prevê a criação de um batalhão da Polícia Militar em

Cianorte está muito próximo de ser aprovado.  A expectativa é de que o parecer do comando geral da corporação seja divulgado em até 60 dias.  Fontes ouvidas pela reportagem no governo estadual e também no comando da PM, indicam que a criação do BPM na cidade é apenas uma questão de tempo.

Na quinta-feira,  6, o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Hudson Leôncio Teixeira esteve em Goioerê, distante 110 quilômetros de Cianorte, para discutir a criação de uma companhia independente da PM naquela cidade. A cidade, com pouco mais de 30 mil habitantes, já tem uma companhia, mas ela é ligada ao 7º Batalhão da PM, com sede em Cruzeiro do Oeste.

De acordo com uma fonte do governo ouvida pela reportagem,  com o desmembramento da Cia em Goioerê, o Batalhão em Cruzeiro do Oeste seria transferido para Cianorte, geograficamente melhor localizado, e concentrando um número de municípios a serem atendidos maior que o atual. Sem a CIA em Goioerê, o 7º BPM cobriria apenas três municípios. Em Cianorte essa cobertura saltaria para, no mínimo 12.

Cianorte conta hoje também com uma companhia independente: A 5ª CIA. A guarnição é responsável pela segurança e patrulhamento em Jussara, Japurá, São Tomé. Indianópolis, Terra Boa e São Manoel do Paraná, além  de Cianorte, Juntos, esses municípios têm uma população de aproximadamente 125 mil habitantes. Com a mudança, passariam a integrar o Batalhão de Cianorte também Tapejara, Tuneiras do Oeste, Rondon, Cidade Gaúcha e Guaporema. O projeto ainda prevê que Terra Boa se torne uma companhia, hoje onde funciona apenas um destacamento.

O projeto é um pedido da população cianortense e também da maioria dos prefeitos que pertencem a Amenorte. “Nossa previsão de efetivo é de 143 policiais, hoje temos 118. O crime também migra para Cianorte, criminosos de Rondon, Tapejara e Tuneiras do Oeste cometem crimes aqui, e nossos policias não conseguem agir nesses municípios. A comunicação dos policiais militares e também a Polícia Civil enfrenta dificuldades com a esta divisão”, explicou o comandante da 5ª CIA, major Elisvaldo Balbino dos Santos.  “O momento certo para esta demanda é agora. Estamos encaminhando neste momento o pedido com estudo detalhado e justificativas técnicas apresentadas, Cianorte é o único município na região com uma população numerosa que não possui um batalhão”, completa.

Outro defensor da criação do batalhão em Cianorte é o tenente-coronel reformado da PM e atual secretário de Defesa Social de Cianorte, Elias Ariel de Souza. Segundo ele, com o BPM na cidade, a polícia teria mais estrutura, tecnologia e um efetivo maior.  “O Batalhão é uma grande ação. Ganha Cianorte e ganham os municípios que fazem parte da Amenorte. Em médio prazo significa restruturação física, equipamentos e efetivos na futura sede”, explicou o secretário.

Após a aprovação por conta do comando geral da PM, a documentação deve retornar a Secretária de Segurança Pública do Paraná, colocando outras pastas em participação, como a Casa Civil, para discutirem assuntos como o impacto financeiro do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *