Casal é preso suspeito de torturar os filhos; criança de quatro anos se alimentava no chão

Por Bem Paraná

A Polícia Civil do Paraná prendeu ontem (5 de fevereiro), em Arapongas, um casal suspeito de torturar os dois filhos, de quatro anos e 10 meses. As investigações apontam que a criança mais velha era amarrada com um cadarço de sapato pelos tornozelos e se alimentava pelo chão. O bebê de 10 meses também foi resgatado e a mãe das crianças ainda está grávida de 33 semanas, conforme a delegada Thais Orlandini Pereira.

As prisões foram efetuadas após o Conselho Tutelar acionar as autoridades policiais. O filho mais velho do casal foi encontrado com vários hematomas e cicatrizes pelo corpo, provavelmente sinais das agressões sofridas pelo menino.

Para piorar, a casa onde a família estava apresentava condições insalubres. Assim, o Conselho Tutelar resgatou os dois menores, enquanto os pais agora responderão por lesão corporal e tortura e também tiveram um pedido de prisão preventiva encaminhado à Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.