Homem mata mulher com machado e tenta suicídio em Campo Mourão

Uma desavença entre um casal terminou em tragédia na tarde desta segunda-feira (7), em Campo Mourão. Sueli de Fátima Machado, 56 anos, foi morta a machadadas desferidas pelo marido, Genildo dos Santos Machado, 59 anos, que também tentou se matar com uma faca.

A ocorrência foi registrada em uma residência na Rua Santos Dumont, próximo ao Colégio Unidade Pólo, área central de Campo Mourão. Uma equipe do SAMU socorreu os dois, que foram levados em estado gravíssimo para o hospital, mas Sueli não resistiu e morreu cerca de duas horas depois. Genildo continua internado.

Edina Gonçalves, que trabalha como cuidadora do pai da vítima no mesmo imóvel, contou que escapou por pouco de também ser agredida com o machado. Segundo ela, Genildo teria chegado em casa embriagado e Sueli teria pedido que ele parasse com o vício. Ela também avisou que já tinha dado entrada na separação e que ele teria que sair da casa. Foi então que, enfurecido, o marido disse que ela é quem iria sair, pegou o machado e desferiu um golpe na cabeça da esposa.

“Ele continuou dando machadadas, pedi para ele não matar ela e então ele veio pra cima de mim. Segurei o machado, mas ele tirou de mim. Então corri atrás do carro e ele entrou na casa e pegou uma faca. Saí correndo e avisei os vizinhos e chamamos a policia”, relatou Edina. Segundo ela, as brigas entre o casal eram constantes. Policiais militares e civis estiveram no local para dar suporte ao socorro e investigar a situação. As armas usadas no crime foram recolhidas.

(Tribuna do Interior)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.