Homem esfaqueia desafeto e se entrega à polícia

Um homem de 40 anos esfaqueou um rapaz de 28 anos na manhã desta quinta-feira, 10, por volta das 11 horas. O autor do delito se entregou depois da ação à Polícia Civil e foi liberado. A vítima informou aos policiais militares que agressão ocorreu devido a uma dívida que tinha com o agressor.

A equipe policial foi solicitada a comparecer na Fundação Hospitalar do Paraná (Fundhospar) de Cianorte, depois de receber informações sobre um estaqueamento.

No local, os policiais identificaram a vítima, o homem de 28 anos, que relatou que estava em um estabelecimento comercial na Avenida Rio Branco, quando o agressor, em posse de uma faca, caminhou em sua direção e desferiu três golpes contra ele. Ele foi atingido duas vezes no tórax e uma na mão esquerda. 

A vítima ainda disse que as agressões ocorreram por conta de uma dívida que tinha com o autor do delito.

Durante as buscas para localizar o responsável (o homem de 40 anos), os policiais foram informados que o suspeito teria se apresentado espontaneamente na delegacia de Polícia Civil.

A guarnição deslocou até a 21ª SDP e conversou com o possível autor do fato. O homem disse à equipe que há algum tempo sofre ameaças da vítima em virtude de um desacordo comercial. Segundo ele, as tais ameaças eram rotineiras e estavam lhe causando muito estresse.

O homem ainda disse aos policiais que foi até o estabelecimento a fim de buscar um veículo que estava de posse da vítima. De acordo com ele, entrega já havia sido previamente acordada entre os dois. Contudo, o carro seria entregue pelo proprietário do local, com a finalidade de se evitar conflito entre as partes, mas ao chegar ao estabelecimento, o autor viu a presença de seu desafeto e se descontrolou emocionalmente. Neste momento, ele efetuou os golpes com a faca e saiu do estabelecimento em seguida.

A faca utilizada no crime foi entregue posteriormente na 21ª SDP. A equipe policial lavrou o boletim de ocorrência para as providências de Polícia Judiciária.

O caso não foi considerado flagrante, pois o agressor se apresentou à polícia. O homem foi liberado e os policiais instauraram inquérito para apurar a ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *