Geração de empregos em Cianorte fecha primeiro semestre com saldo de mil vagas

Da Redação

O primeiro semestre de 2021  terminou com saldo positivo na geração de empregos formais em Cianorte. Até o dia 30 de junho, mais de 5, 5 mil novas vagas foram abertas na Capital do Vestuário, contra 4.477 demissões, o que gerou um saldo positivo de 1.041 empregos.

Para se ter uma ideia do que isso significa, os seis primeiros meses de 2020 terminou com um salto negativo de -702, com 4.229 contratações, e 4.931 desligamentos.

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, em junho, 889 pessoas foram contratadas com carteira assinada, em Cianorte, e 715 foram desligadas: saldo positivo de 174. No mesmo período do ano passado, o saldo também era positivo, mas com um número menor em contratações. Em junho de 2020 foram 598 vagas abertas no mercado de trabalho, 539 desligamentos, e um saldo de +59.

O setor da indústria foi destaque  nas contratações durante todo o semestre. Hoje o setor é o que mais emprega no munícipio, com 10.428 vagas preenchidas, seguido pelo setor de serviços, que emprega 5.892 pessoas. Ao todo, 22.866 funcionários estão trabalhando com carteira assinada em Cianorte.

Em junho o setor da indústria permaneceu em destaque, com 374 contratações, 250 desligamentos, e o maior saldo positivo do mês: +124. Os 30 dias encerraram com um único setor com saldo negativo. O comércio contratou 198 pessoas e demitiu 221, terminado com um saldo de -23.

REGIÃO

No primeiro semestre do ano as cidades da macro região geraram 4.689 vagas de emprego formal, com destaque para Tapejara, com 917 contratações até junho de 2021, e Rondon com 902 novas vagas.

O maior saldo positivo dos seis primeiros meses do ano foi registrado em Cidade Gaúcha, que admitiu 690 pessoas, e demitiu 405, um saldo de + 286 para o semestre, seguido de Jussara, com saldo positivo de +149, sendo 385 empregados e 236 demissões. O único município que fechou o semestre com saldo negativo, foi São Tomé, com 101 admissões, e 123 desligamentos.

Em junho a cidade que abriu mais ofertas de emprego na região foi Japurá, com 70 admissões, seguida de Rondon com 46 novas vagas de trabalho.  São Manoel do Paraná apresentou o maior saldo do mês, contratando 47 pessoas e demitindo 22, um saldo de +13.  Tuneiras do Oeste fechou o sexto mês do ano com saldo de -2, seguido São Tomé, com -6.