Fiscalização registra queda no número de autuações durante feriado prolongado

Da Redação

A fiscalização realizada pelo Gabinete de Gerenciamento de Crise em Cianorte nesse feriado prolongado terminou em 19 autuações por CPF e um estabelecimento notificado. Os pontos de aglomerações foram menores e os agentes precisaram apenas orientar a maioria dos abordados.

As fiscalizações com o apoio da 5ºCompanhia Independente da Polícia Militar em Cianorte (5ºCIPM), Polícia Civil, equipes da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Tutelar, e Agentes Municipais de Trânsito, segue em sua terceira semana após o retorno.  O objetivo é evitar pontos de aglomerações na cidade e garantir o cumprimento do horário de toque de recolher, das 21 horas às 5horas.

Segundo a Vigilância Sanitária, as fiscalizações foram realizadas na véspera de feriado, quarta-feira, 02, na sexta-feira, 04, e sábado, 05 de maio.

No primeiro dia foram 16 infrações em CPF, uma infração em estabelecimento, duas pessoas e um proprietário de estabelecimento orientados. No segundo dia foram necessárias aplicações de três infrações e 25 orientações em CPF, e um estabelecimento precisou de orientação quanto às medidas do decreto municipal.  No último dia nenhuma autuação foi realizada, e 12 pessoas e um estabelecimento foram orientados.

“Esse final de semana foi bem tranquilo. A população está acatando bem as medidas de restrições e quando são feitas as orientações não há dificuldade para que as pessoas as entendam”, citou o tenente da Polícia Militar Pedro Henrique da Cruz Hahn.

Na semana anterior, a fiscalização realizou 150 abordagens e 21 pessoas foram levadas à delegacia para lavratura do Termo Circunstanciado, além de 11 infrações de trânsito registradas, e quatro remoções de veículos. Resultado de ações que ocorreram na área central e periférica de Cianorte.

As pessoas que tiveram multas aplicadas irão responder a um termo circunstanciado, perante o Juizado Especial Criminal em Cianorte pelo descumprimento do artigo 268 do Código Penal Brasileiro, que indica infração de medida sanitária preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *