DER anuncia recuperação de 300 kms de rodovias na região 

Da Redação

 Pelo menos nove cidades do Médio Noroeste do Paraná serão impactadas por um pacote de obras emergenciais do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR). O órgão está licitando a execução de serviços de conservação e manutenção de 307,56 quilômetros de rodovias no Noroeste do Estado. Pela previsão, a intenção é recuperar o pavimento de mais de 300 quilômetros de rodovias estaduais que ligam e integram a maioria das cidades da microrregião de Cianorte.

Empresas ou consórcios interessados devem protocolar suas propostas de preços e documentos de habilitação até o dia 30 de junho. O valor estimado para o contrato é de R$ 79.677.833,88.

Serão atendidas as rodovias que passam por Cianorte, Cidade Gaúcha, Floraí, Guaporema, Indianópolis, Japurá, Nova Esperança, Nova Olímpia, Presidente Castelo Branco, Rondon, São Carlos do Ivaí, São Jorge do Ivaí, São Manoel do Paraná, São Tomé, Tapira e Terra Boa, beneficiando os mais de 200 mil habitantes dos 16 municípios.

Os primeiros trechos contemplados devem ser a PR-482, entre Tapira e Nova Olímpia, a PR-479, de São Manoel do Paraná até Indianópolis; a PR-498, entre Japurá e o Rio Ivaí; a PR-180, de Guaporema a Rondon; e a PR-082, de Cidade Gaúcha a Nova Olímpia. Serão múltiplas frentes de trabalho atuando para garantir o cumprimento do prazo contratual e atender a população o mais breve possível.

“Além de obras de duplicação, terceiras faixas, pavimentação, projetos e manutenção de rodovias já em andamento, a região Noroeste está sendo contemplada agora com ainda mais um contrato de conservação do pavimento, um investimento de quase R$ 80 milhões. Com isso o governo Ratinho Junior garante cobertura total da malha rodoviária local, garante a infraestrutura necessária para o Noroeste continuar se desenvolvendo e produzindo”, afirma o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. “E temos mais novidades programadas para a região, que deverão ser divulgadas já nos próximos dias”.

No dia 1º de julho, às 14 horas, será a abertura dos envelopes das propostas de preços, seguida de análise pela comissão de licitação, com publicação do resultado em Diário Oficial e no portal Compras Paraná nos dias seguintes. A modalidade utilizada é a Concorrência Pública, em que é considerada vencedora a participante que oferecer o menor preço.

O contrato prevê a execução de serviços rotineiros de conservação, como remendos profundos e superficiais, fresagem, reperfilagem, microrrevestimento, melhorias no sistema de drenagem e na sinalização horizontal.

“As soluções oferecidas na licitação têm uma característica de atendimento contínuo, que resultam em um pavimento em condições boas ou muito boas em toda a extensão do trecho. Outra vantagem é o prazo de execução de apenas 24 meses e não 36, como é o típico em contratos antigos”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti. “Serão mais serviços, com resultados mais duradouros, e executados em um prazo menor”.

A licitação apresenta uma nova modelagem em relação aos programas vigentes, sendo uma transição entre os serviços atuais e os que serão contratados futuramente. Ela é reflexo dos estudos em desenvolvimento no DER/PR, que irão resultar em serviços de conservação ainda mais específicos e eficazes para as rodovias estaduais. Atualmente está em andamento a contratação do levantamento funcional estrutural de toda a malha rodoviária estadual, cujos dados irão ajudar a embasar o desenvolvimento de novos programas.

 Antigo

Esses trechos originalmente seriam contemplados no antigo lote 11 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do DER/PR, uma licitação do governo anterior que chegou a ser suspensa pela Justiça, e que depois teve o contrato rescindido sem execução de melhorias.

Após análise da situação atual do pavimento, foi verificado pela Diretoria de Operações do DER/PR que a licitação de um novo contrato de conservação seria necessária, prevendo a execução de serviços de conservação que atendam adequadamente estas rodovias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *