Depois de dois meses com saldo positivo na geração de empregos, Cianorte apresenta retração

Agosto não foi um bom mês no cenário empregatício no município. Depois de dois meses consecutivos com saldo positivo, agosto teve o gosto amargo da  retração na geração de empregos formais. Foram registrados 572 admissões e 639 demissões, o que gerou um saldo de -67.

Cianorte começou bem o ano e apresentou saldo positivo de contratações em janeiro e fevereiro. Porém, com o início da pandemia os números caíram.

Julho e julho apresentaram saldos positivos no número de empregos de 72 e 78, respectivamente. O número de admissões voltou a ser maior que o de demissões, o que aqueceu o cenário, porém o numero voltou cair.

Em 2020, a Capital do Vestuário acumula um saldo negativo de 336 empregos com carteira assinada. Ao todo são 5.394 admissões contra 5.730 desligamentos. Abril segue o pior mês, registrando um saldo de -633 empregos.

Região

Das 12 cidades da região, três apresentaram saldo negativo em agosto: Cianorte (-67); Cidade Gaúcha (-10) e São Manoel do Paraná (-2).

No mês passado julho, apenas duas tiveram mais demissões do que admissões, Japurá (-17) e Tapejara (-33), ambas registraram saldo positivo no oitavo mês com saldos de 44 e 13 admissões, respectivamente.

Junto a Japurá, Indianópolis registrou um dos maiores saldos da região, de 43 novos empregos.

Juntas, as cidades da região tiveram 1.175 contratações em agosto contra 1.028 desligamentos, gerando um saldo positivo de 147.

Paraná

O Estado apresentou um saldo positivo de 17.061 empregos em agosto. Foram registradas 96.672 admissões contra 79.611 demissões. Este foi o segundo mês seguido com registro de empregos positivos.

Todos os setores, agropecuária, comércio, construção, indústria e serviços, apresentaram saldo positivo nas contratações.

Brasil

No Brasil, agosto também é o segundo mês seguido com saldo positivo no número de empregos. O país registrou 1.239.478 de admissões e 990.090 de desligamentos. O que gerou um saldo positivo de 249.388 empregos formais.

Os setores que lideraram a criação de vagas formais e ficaram com saldo positivo em agosto foram a indústria, com saldo de 92.893 postos de trabalho com carteira assinada; a construção, com saldo de 50.489 postos; e o comércio, com 49.408 oportunidades criadas acima das demissões

        

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.