Corpo de peão de rodeio desaparecido em Mato Grosso é encontrado

O corpo do peão de rodeio Édipo Fernando Ortega da Silva foi localizado no final da tarde de sábado (15) em uma estrada rural no município de Dom Aquino, a cerca de 14 quilômetros da MT-344, próximo a uma empresa de água mineral e a aproximadamente 50 quilômetros de Campo Verde, cidade onde o rapaz residia. 

Édipo, que tinha 33 anos, estava desaparecido desde o dia 11, quando deixou a fazenda em que trabalhava, para ir à casa da namorada, na região central de Campo Verde. Seu carro, um Fiat Uno, foi localizado totalmente queimado às margens da MT-450, a cerca de 10 quilômetros da cidade. 

De acordo com as informações preliminares, o peão foi morto com um tiro na cabeça, possivelmente no local onde o corpo foi encontrado, o que reforça a tese de execução. A Polícia Civil de Campo Verde informou que as investigações sobre o motivo do crime e o autor vão continuar e que dois suspeitos já foram ouvidos. 

O corpo do peão, que era natural de Cruzeiro do Sul, região noroeste do Paraná, foi encontrado por um grupo de amigos liderados pelo seu ex-patrão. Familiares que se deslocaram para o Mato Grosso após saberem do desaparecimento, também auxiliaram nas buscas. 

Segundo informações dos familiares da namorada de Édipo, o corpo foi de Édipo trazido para o Paraná, onde foi sepultado na manhã desta segunda-feira (17), no cemitério de Cruzeiro do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *