Cianorte registra mais três mortes por Covid-19

Da Redação

A Secretaria de Saúde de Cianorte confirmou ontem, 02, 64 novos casos de Covid-19, e mais três óbitos. O estado de alerta continua e o município permanece na bandeira vermelha.

Os novos contaminados são 34 mulheres, de 19 a 77 anos; 22 homens, de 21 a 73anos; e oito crianças e adolescentes, de 5 a 16 anos. Destes, 18 tiveram contato com casos confirmados anteriormente. Os demais desconhecem a forma de contágio. 322 estão em isolamento, 125 são investigados e 91 casos estão em monitoramento.

Óbitos

Entre os pacientes que morreram nas últimas 24 horas, está um homem de 57 anos, que estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cianorte, desde o dia 26 de fevereiro, e não possuía comorbidades.

Outra vítima é uma mulher de 72 anos, internada no Hospital Santa Rita de Maringá desde 19de fevereiro, e possuía problemas de saúde.

A terceira paciente é uma mulher 62 anos, que estava internada na UTI da Fundação Hospitalar do Paraná (Fundhospar) desde  o dia 19 de fevereiro e também  possuía comorbidades.

Taxa de ocupação 

Conforme o boletim da Fundhospar, a taxa de ocupação nos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Sistema Único de Saúde (SUS), é de 100%. Os seis leitos estão ocupados. Na enfermaria, um leito está desocupado.

Já no setor dos convênios e particulares, na enfermaria dois leitos estão desocupados. Na UTI, a taxa de ocupação também é de 100%, com todos os leitos ocupados.

Bandeira vermelha

Desde o dia 25 de fevereiro, Cianorte permanece na bandeira de cor vermelha, que sinaliza um alerta de alto risco para a Covid-19. Em meio ao Lockdown e intensas fiscalizações, os números continuam subindo. Em 30 dias foram 631 novos casos, no dia 02 de fevereiro o boletim indicava 3593 casos, e 45 óbitos.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.