Cerca de 30 mil pessoas devem visitar Cemitério São Miguel na terça-feira

Da Redação

De acordo com a administração do Cemitério Municipal São Miguel, são aguardados cerca de 30 mil visitantes esse ano durante a celebração do Dia de Finados, que acontece na terça-feira, 2. A previsão é 16,67% maior que no ano passado, que por conta da pandemia, precisou de medidas sanitárias especiais para visitação.

O prazo para a limpeza dos jazigos do Cemitério Municipal São Miguel para as homenagens encerra sábado, 30.

Nessa data, também é comum o comércio ambulante em torno do cemitério, com a venda de flores, velas e alimentos. Segundo a Prefeitura de Cianorte, os comerciantes que desejam trabalhar no local, não precisam de cadastro prévio. Mas é necessário respeitar o limite de espaço destinado para este fim, demarcado pela administração, de acordo com a distância mínima do portão central e das vagas de estacionamento. Uma equipe de fiscalização irá permanecer no local para garantir que as medidas sejam cumpridas.

O cemitério passou por uma breve reforma no último mês. Foram R$ 100 mil investidos em micro-pavimentação. Segundo a prefeitura, o local deve passar por novas reformas nos próximos meses.

PROGRAMAÇÃO

No dia 02 de novembro o Cemitério São Miguel estará aberto com horário especial para visitação, das 7 às 19 horas. Respeitando o distanciamento, uso obrigatório de máscara e álcool em gel, como medida de prevenção. A Paroquia Santa Rita vai celebrar um a missa no local, na terça-feira, às 8 horas.

A expectativa é de que este ano um dos túmulos mais visitados seja o do ex-prefeito de Cianorte, Claudemir Romero Bongiorno, que morreu em julho deste ano, vítima de covid-19, assim como túmulo do ex-goleiro Danilo Padilha, morto em um trágico acidente aéreo, em 2016, e do ex-prefeito Edno Guimarães.

SEPULTAMENTOS

Em um ano marcado por mortes, o Cemitério Municipal de Cianorte bateu recorde em números de sepultamentos. Em março foram registrados 75 enterros, o maior número no mesmo mês. Além de março, abril contabilizou outros 55 sepultamentos. A média mensal de sepultamentos no cemitério local é de 45 enterros. Até novembro de 2021 foram 536 sepultamentos. Mesmo com a queda no decorrer dos meses, o quadro é 8,7% superior ao ano passado, com 493 enterros, e 2019 com 481.