Ratinho Junior é aprovado por 70% dos paranaenses

O governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) é aprovado por 70,4% dos paranaenses ouvidos em um levantamento organizado pela Paraná Pesquisas e divulgado hoje, 2, com exclusividade pelos jornas que compõem a Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná (ADI-PR), entre eles a TRIBUNA DE CIANORTE.  

O governo de Ratinho Jr ainda é avaliado como ótimo ou bom por 51,7 % dos entrevistados. Entre os ouvidos, 24,4 % desaprovam o governo do pessedista  e outros 5,2% não sabem ou não quiseram opinar. A taxa de rejeição do governador, que avalia o governo como ruim ou péssimo, é de 16, 9%.

A sondagem feita pela Paraná Pesquisas ouviu 2.114 habitantes com 16 ou mais moradores de 74 municípios paranaenses durante os dias 16 e 20 de julho. O nível de confiança da pesquisa é de 95% com uma margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A avaliação leva em conta os seis primeiros meses do governo Ratinho Júnior e foi feita dias após o fim da greve do servidores públicos estaduais que durou cerca de duas semanas. Está é um dos primeiros levantamentos com confiabilidade  elaborados e divulgados até agora sobre o atual governo estadual.

GOVERNO FEDERAL

O mesmo levantamento feito pela Paraná Pesquisas também avaliou o desempenho do governo do presidente Jair Bolsonaro no Paraná. De acordo com os números apresentados pelo instituto de pesquisas, o presidente da República é aprovado por 61.9% dos paranaenses. Segundo a pesquisa, 33,4% dos ouvidos desaprovam o trabalho do pesselista e outros 4,7% não sabem ou não souberam opinar.

Conforme os números apresentados pelo instituto 46,8% dos entrevistados consideram o governo Bolsonaro ótimo ou bom e outros 24,9% avaliaram a gestão do ex-deputado federal e capitão reformado do Exército como ruim ou péssima.

A sondagem feita pela Paraná Pesquisas sobre a popularidade do governo federal no Paraná ouviu os mesmo 2.114 habitantes com 16 ou mais, moradores de 74 municípios paranaenses durante os dias 16 e 20 de julho. O nível de confiança da pesquisa é de 95% com uma margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.