Sete escolas em Cianorte estão com aulas suspensas

Da Redação

A Secretaria Municipal de Educação em Cianorte confirmou que seis escolas municipais estão com aulas presenciais suspensas após profissionais apresentarem algum contato com o novo coronavírus. Além das escolas municipais, a Escola Estadual Princesa Isabel adiou o retorno das aulas presenciais por uma semana, após uma servidora ser diagnosticada com o vírus. Ao todo, cinco profissionais foram positivados na cidade.

De acordo com a Secretaria de Educação, O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), Criança Esperança, localizado no distrito de São Lourenço, não recebeu nenhum aluno desde o retorno das aulas. O atendimento presencial está suspenso há duas semanas, devido a confirmação de dois casos na equipe pedagógica.

A Escola Municipal Cecília Sato foi a primeira a suspender as aulas presenciais. O estabelecimento funciona no mesmo prédio que a Escola Estadual Princesa Isabel, localizada na Zona1de Cianorte. As aulas foram suspensas após serem confirmados dois casos em funcionários, um da escola municipal e outro em uma servidora da escola estadual.

A Escola Jardim Aeroporto suspendeu o atendimento aos alunos na terça-feira, 25. O prédio está aberto com atendimento administrativo ao público. A decisão de suspender as aulas esta semana é uma medida de prevenção. Segundo a Secretaria de Educação, essa é a maior escola do município, e muitos professores trabalham em cidades vizinhas e usam transporte coletivo para trabalhar.

Na escola Lídia Usuy Ohi, na Zona 6 da cidade, o atendimento presencial ao público e aos alunos foi suspenso para a desinfecção do ambiente. A ação foi necessária após um servidor informar que teve contato com uma pessoa positivada.

As escolas Maria Montessori, na Zona 3, e Gonçalo Moreno Gutierres, no Morada do Sol, suspenderam as atividades presencias, na quarta-feira, 26. Os prédios vão passar por uma desinfecção do ambiente escolar, após um professor que frequenta os dois ambientes testar positivo para a doença. Ambas as escolas estão com atendimento ao público na parte administrativa.

A Secretaria de Educação destacou que a contaminação desses servidores ocorreu no contexto familiar. Nenhum aluno foi positivado até o momento.

Os atendimentos com os estudantes continuam de forma remota, e os representantes das escolas vão se reunir com seus Comitês de Volta às Aulas, para analisar a situação e decidir o retorno presencial para a próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *