Novo decreto de enfrentamento à Covid-19 concede liberações e reforça fiscalização

Assessoria PMC 

Em conjunto com a Prefeitura de Cianorte, o Comitê Técnico de Enfrentamento ao Coronavírus e Ética Médica decidiu, em reunião realizada na última quinta-feira (21), alterar o Decreto Municipal Nº 01/2021, que prevê a consolidação das normas com relação à Covid-19. O novo decreto, Nº 06/2021, foi publicado nesta sexta-feira (22) no Órgão Oficial do Município (https://cianorte.pr.gov.br/orgao-oficial) e já está em vigência.

Segundo o prefeito Marco Franzato, todas as medidas foram discutidas em conjunto com os profissionais da saúde e alinhadas com o que preconizam o Governo do Estado e o Ministério da Saúde, resultando em algumas mudanças dos atos já publicados.

“Fica o alerta para que cada um continue se cuidando, usando máscara, álcool em gel e, principalmente, evitando aglomeração. Cianorte está passando por uma situação epidemiológica muito grave, estamos em alerta vermelho, sem vagas nas UTIs, então não podemos descuidar em nenhum momento”, afirmou.

Entre as novas medidas previstas está o aumento do horário de funcionamento dos estabelecimentos, passando das 22h para as 23h, de segunda-feira a domingo. Fica assim também ampliado o horário do serviço de delivery, das 23h para as 24h, de segunda a domingo.

Seguindo a decisão do Governo Estadual, ficam proibidos eventos públicos ou particulares com aglomeração de mais de 25 pessoas. Fica permitida a abertura dos cinemas, limitando a entrada de pessoas em 50% da capacidade de público do estabelecimento, sendo que precisa ser demarcado um assento para uso a cada duas poltronas.

Para as celebrações de cultos religiosos, fica limitada a entrada de fiéis, respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre os assentos, com exceção a membros de um mesmo núcleo familiar, podendo atingir o limite máximo de 40% da capacidade total do tempo. No decreto anterior eram permitidos 30%.

Em contrapartida, de acordo com a secretária de Saúde, Rebeca Galacci, a Vigilância vai reforçar a fiscalização dos estabelecimentos para garantir o cumprimento rigoroso do decreto. “Nossas equipes estão primeiramente trabalhando em ações de orientação, mas vamos intensificar a fiscalização e em casos de reincidência serão aplicadas as penalizações necessárias”, afirmou, lembrando que, para essas situações, a Saúde vai contar com o apoio da Polícia Militar.

 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.