Após relaxamento, casos da doença saltam de 37 para 371 em 30 dias

Como na maioria das cidades do Estado, Cianorte apresenta um aumento expressivo no número de casos de Covid-19. Apenas no último mês, desde o dia 25 de maio até o dia 24 de junho, o município registrou 334 casos positivos, ou seja, 90% do total de casos foram registrados nos últimos 30 dias. O relaxamento com relação às medidas e a testagem em massa dos casos da doença, colaboraram para o avanço dos números.

Apenas nesta quarta-feira, 24, a Prefeitura de Cianorte registrou 38 testes positivos da doença – sendo 32 do Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen) e seis testes rápidos. Todos tiveram contato com casos confirmados anteriormente e estão recuperados.

Entre os testes do Lacen estão 15 mulheres, com idades de 18, 22 (2), 23, 24, 29 (2), 35, 41, 46, (2), 47, 65, 72 e 73 anos; 15 homens, de 19, 20, 28, 31, 35, 36, 39, 42, 43, 49, 51, 53, 54, 57 e 69 anos; além de uma menina de apenas 10 meses e um adolescente de 14 anos.

Seis pessoas foram confirmadas por meio do teste rápido: quatro mulheres, com idades de 20, 29, 38 e 43 anos; um homem de 43 e uma menina de três anos de idade.

Conforme a chefe da Divisão de Prevenção em Saúde, Heloisa Dantas, a Capital do Vestuário Vive uma crescente de contaminação, por isso é preciso focar na prevenção. “Esta evolução recente dos casos reforça a necessidade da população seguir as orientações para evitar a propagação da Covid-19, entre elas o isolamento social, o uso de máscaras e o hábito de higienizar as mãos. A população tem relaxado nos cuidados, especialmente nos fins de semana. Além do aumento da contaminação, também temos o fato de o Estado ter iniciado um processo de testagem em massa”, afirmou.

Para Heloísa, os casos continuaram aumentando caso a população não se conscientize a respeito da situação. “A tendência é continuarmos com um aumento expressivo do número de casos. A menos que a população comece a agir com mais responsabilidade com relação às medidas de contenção”, esclareceu.

Enfrentamento

De acordo com Heloisa, a Secretaria de Saúde estuda mudanças nas estratégias de enfrentamento, mas a atitude das pessoas é essencial para que haja a redução nas confirmações. “Nenhuma medida do poder público será suficiente, se não houver colaboração da população. Prova disso é a experiência que temos com a dengue”, disse. “A princípio o que temos que fazer é reforçar os cuidados que a população deve tomar e testar o maior número de pessoas possível”, acrescentou a chefe da divisão.

Segundo Heloisa, é preciso que as pessoas mudem o seu comportamento e passem a seguir as medidas de segurança de maneira correta. “O relaxamento da população precisa ser revertido em cuidados”, afirmou.

“Precisamos de uma mudança no comportamento das pessoas que insistem em usar as máscaras tampando apenas a boca, que aglomeram em bares e lanchonetes ou fazem festas em suas residências, que não higienizam as mãos ao adentrar nos estabelecimentos e que não procuram o serviço de saúde ao surgir os primeiros sintomas”, concluiu Heloisa.

Santa Casa

Conforme divulgado pela prefeitura, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dos leitos de Covid-19 possui seis leitos, destes três estão ocupados. Dois pacientes são moradores de Cianorte que tiveram o teste confirmado para a doença.

Já na enfermaria de Covid-19, há 13 leitos e 10 estão ocupados. Oito são moradores da Capital do Vestuário. Dois pacientes possuem o teste confirmado para o vírus e outros seis aguardam resultado.

De acordo com a administração, a partir desta quarta-feira, 24, mais 12 leitos de enfermaria e dois de UTI estão disponíveis na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), apenas para moradores de Cianorte.

Região

Há cerca de um mês, das 12 cidades da região, nove possuíam casos confirmados. Eram um total de 53 positivações.

A última cidade que apareceu nos boletins da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foi Indianópolis, que registrou o primeiro caso no dia 31/05.

Atualmente, a microrregião apresenta um total de 747 casos confirmados.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *