Ratinho e seu destino

Com apenas 39 anos de idade, o governador Ratinho Junior tem exibido, em sua meteórica trajetória política, um traquejo que só se vê costumeiramente em homens públicos bem mais longevos e calejados pela batalha.

Ainda que carregue a experiência de já ter exercido os cargos de deputado estadual e federal e secretário de estado, percebe-se que suas atitudes sempre equilibradas e sensatas decorrem também de uma correta educação familiar, alicerçada em sólidos valores morais e éticos.

O resultado dessa virtuosa combinação pôde ser visto, por exemplo, na entrevista que ele concedeu na noite do último sábado (2) aos jornalistas Caio Junqueira e Renata Agostini na CNN Brasil.

Cordial, sereno e ponderado, mas firme em suas convicções, Ratinho encarou com tranquilidade as perguntas formuladas pela dupla, dando respostas claras e convincentes para cada uma delas, escapando com destreza das cascas de banana envolvendo as questões mais polêmicas e, sobretudo, demonstrando um vasto conhecimento da realidade nacional.

Candidato natural, e amplamente favorito pela boa gestão que vem fazendo, a um segundo mandato em 2022, quando apoiará a reeleição de Jair Bolsonaro, ele é um nome em potencial, que vem reunindo todas as credenciais necessárias, para a disputa presidencial de 2026

Sem pressa e sem ansiedade, com humildade e pés no chão, o governador sabe aonde quer chegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.