Ex-ministro de Temer, Ricardo Barros é o novo líder do governo Bolsonaro na Câmara

O posto de líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados tem novo dono. O deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO) será substituído pelo deputado Ricardo Barros (PP-PR), que já exercia a função de vice-líder do governo no Congresso e foi ministro da Saúde do governo de Michel Temer. 

Pelo Twitter, o deputado mandou recado ao presidente da República: “Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pela confiança do convite para assumir a liderança do governo na Câmara dos Deputados com a responsabilidade de continuar o bom trabalho do líder Vitor Hugo, de quem certamente terei colaboração. Deus me ilumine nesta missão”. 

Ricardo Barros, de 60 anos, de Maringá, integra o Centrão, grupo de partidos do qual o governo Bolsonaro vem se aproximando para ampliar sua base de apoio no Congresso Nacional e se livrar de ações de impeachment.

A indicação de Ricardo Barros é estudada há quase dois meses pelo presidente, como parte da formação de uma base de apoio na Câmara e aproximação de partidos do Centrão.  Barros é deputado do partido do também líder informal do bloco, deputado Arthur Lira. Apesar disso, Barros e Lira são de grupos diferentes na sigla.

O deputado Major Vitor Hugo sofria resistência desses partidos, grupo informal majoritário na Câmara, e era considerado um articulador fraco, apesar de ser sido sempre muito bem avaliado pelo presidente Bolsonaro. 

Barros foi nomeado ministro da Saúde de Temer em 12 de maio de 2016, depois que o Senado aprovou a abertura de impeachment e o pedido de afastamento de Dilma Rousseff por 180 dias. Ficou no posto até 2 de abril de 2018. 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *