Mercado brasileiro já é o segundo maior em plataformas de ‘streaming’

Segundo dados mais recentes publicados em junho do ano de 2020, 15% de market share dizem respeito às plataformas dedicadas ao ‘streaming’ como Netflix, Amazon Prime Video e outros.

Só a Globo supera estes valores com 32,6% de participação no mercado, o que é uma evidência clara de como a indústria de ‘streaming’ tem ganhado cada vez mais espaço no mercado brasileiro.

Fonte: Pixabay

O que é isso de plataforma de ‘streaming’?

De forma simplificada, ‘streaming’ é a tecnologia de transmissão de dados pela internet que permite assistir a filmes, seriados ou até músicas em qualquer lugar onde se encontre sem ter a necessidade de baixar conteúdo.

Assim você consegue acessar ao conteúdo pela internet sem o material ocupar espaço no seu computador ou celular.

De facto o ‘streaming’ tem ganhado cada vez mais adeptos no mercado Brasileiro e no mundo precisamente pela comodidade que oferece junto dos consumidores, pois graças às plataformas que oferecem este serviço consegue assistir a conteúdos que seriam mais difíceis de acessar de uma forma individual como acontecia com os CD’s e DVD’s.

Mercado brasileiro também se estreia como desenvolvedor de plataformas ‘streaming’

A par do que acontece com os gigantes Netflix e Amazon Prime Video, plataformas de ‘streaming’ que têm conquistado cada vez mais brasileiros, também a própria indústria nacional decidiu apostar no desenvolvimento de uma plataforma própria, a Kinopop.

Nesta plataforma de ‘streaming’ 100% brasileira tem ao seu dispor centenas de filmes e seriados nacionais e internacionais por apenas 15 reais por mês, o que a torna mais acessível que as concorrentes Netflix e Amazon Prime Video ou até a Globoplay, a plataforma de ‘streaming’ da rede Globo.

Com 30 dias para testar a plataforma de forma gratuita, fica claro que o catálogo oferecido pela Kinopop ainda é um pouco limitado, o que provavelmente se deve ao facto de ser um serviço relativamente recente. No entanto, sendo esta uma tendência cada vez mais atual, é esperado que também esta plataforma veja o seu catálogo e oferta aumentados num futuro próximo.

Outras indústrias utilizam igualmente a tecnologia ‘streaming’ para se modernizarem

A par do que acontece com as plataformas de ‘streaming’ que disponibilizam filmes e seriados também a indústria da música utiliza esta tecnologia para se modernizar e chegar aos seus ouvintes.

Exemplo disso é a plataforma Spotify, criada em 2008 que marcou a mudança da música para o formato digital, mas que foi iniciada pela plataforma iTunes da Apple que permitia aos usuários comprarem as suas músicas de forma individual.

Também a indústria do ‘gaming’ se tem beneficiado da tecnologia ‘streaming’ permitindo aos seus usuários que possam escolher o dispositivo para jogar, escolher o jogo e divertir-se sem necessidade de descarregar o jogo.

A tecnologia de ‘streaming’ não é só vantajosa por poder acessar a jogos sem necessidade de ‘download’, mas também permite uma experiência mais próxima da realidade como acontece nos cassinos listados na Casinos.pt que oferecem a opção de dealers ao vivo, onde o fator humano é conseguido através da tecnologia ‘streaming’ que permite ao jogador interagir com outros jogadores e crupiês em tempo real como numa verdadeira sala de jogo.

Contudo, quando falamos do setor de ‘gaming’, a plataforma com maior popularidade continua a ser a Twitch que permite aos jogadores transmitirem vídeos de suas partidas e onde os usuários podem assistir de forma completamente gratuita ou através do plano ‘Prime’ que oferece exclusivos aos seus assinantes.

O que é esperado no futuro

As evidências do mercado brasileiro são claras, as plataformas de ‘streaming’ têm ganhado cada vez mais o seu lugar entre os consumidores.

As próprias emissoras como é caso da Globo que apesar de ainda superarem as plataformas de ‘streaming’, tem também elas criado as suas próprias plataformas de modo a conseguirem acompanhar as tendências do mercado o que mostra que esta é uma tecnologia que veio para ficar.

Tanto as indústrias do cinema, televisão, jogos e música têm cada vez mais preferido divulgar o seu conteúdo através desta tecnologia, como atualmente beneficiamos da tecnologia ‘streaming’ até no mundo do trabalho com a possibilidade de nos conectarmos através de salas de conversação ou dos chats ao vivo disponibilizados por muitas empresas.

Sendo observado que o mercado brasileiro é um ávido consumidor de conteúdos através desta tecnologia, é esperado que mais e melhores plataformas com a assinatura nacional possam surgir em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.