Imposto Solidário reforça programas sociais

Parte do Imposto de Renda dos cianortenses, seja devido ou retido na fonte, pode fazer a diferença na vida das crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no município e distritos de São Lourenço e Vidigal. Isto porque, ao destinar uma porcentagem do tributo obrigatório, que seria paga de qualquer maneira à Receita Federal, o contribuinte colabora com os projetos de defesa e promoção desse público, por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), sem gastar nada a mais com isso. Trata-se da campanha Imposto Solidário.

Um exemplo de atuação com os recursos oriundos dessa destinação é o da Aldeias Infantis, popularmente conhecida como Casa Lar, que presta o serviço de proteção integral às crianças e adolescentes que, por motivo de risco, como negligência, discriminação, abuso e exploração, tiveram seus vínculos familiares fragilizados ou rompidos. Em 2019, com R$ R$ 27.279,00 do Imposto do Solidário, a entidade conseguiu reforçar o projeto “Dê Asas”, uma iniciativa que proporciona orientação pedagógica, cultural e de cidadania.

“O valor foi aplicado na aquisição de equipamentos, como um computador, aparelho televisor e materiais pedagógicos, que contribuíram para ampliar o acesso a conteúdos educativos e de reflexão, que tem papel fundamental no trabalho de ressignificar o contexto de vulnerabilidade e reformular os meios de interação”, destacou a assistente social da Aldeias Infantis de Cianorte e presidente do CMDCA, Marcilene Beatriz Hipólito de Castro. Cerca de 40 crianças e adolescentes foram beneficiadas com o projeto.

No total, em 2019, o valor do repasse do Imposto Solidário ao CMDCA foi de R$ 157.617,04 aplicados no desenvolvimento de projetos das entidades locais, como a APAE, a Rainha da Paz e o Serviço de Obras Sociais (Cemic São José). “Todos os contribuintes que optam pelo formulário de modelo completo têm a possibilidade de destinar parte do IR. É um processo simples e rápido, ao final da declaração. O próprio programa calcula qual é o valor máximo para doação, limitado a 3% do imposto a pagar, e faz a dedução de incentivo”, explicou a assistente social. Mais informações pelo site https://www.cianorte.pr.gov.br/conselhodacrianca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *