Pouco movimento no comércio na Terça-feira de Carnaval

Da Redação

O movimento no comércio de Cianorte na terça-feira, 16, não agradou os comerciantes. Quase todos os estabelecimentos ficaram abertos desde a última segunda-feira, 15, mas o que a maioria dos lojistas e donos de restaurantes mais comenta, é que o movimento não foi como o esperado.

Na manhã de ontem, 16, as ruas estavam quase vazias, e pouca gente resolveu sair de casa para comprar.

Para o Silvio de Oliveira, de 42 anos, funcionário de uma rede de farmácias, não valeu a pena perder a folga do feriado, “Não compensou. A cidade está parada e poucas vendas foram feitas. O povo não saiu de casa”, citou Silvio.

Thiago Madruga é autônomo, e vende pipocas no centro da cidade. Para ele o movimento na segunda-feira foi maior, “Eu sou o termômetro do comércio, se estou vendendo bastante é porque as lojas estão vendendo também. Na tarde de segunda-feira vendi mais, e valeu a pena. Se eu não estivesse aqui, ia estar em casa sem fazer nada, então para mim não foi prejuízo”, comentou.

O pouco movimento também afetou quem trabalha na área da alimentação. Edson Martins, de 52 anos é proprietário de um restaurante na Praça 26 de Julho, mesmo com um bom número de clientes, segundo ele. abrir no feriado foi um prejuízo, “Não foi bom. Para mim não compensou de forma alguma, na segunda- feira foi um pouco melhor, mas até agora nada. O pessoal preferiu se reunir em casa”, revelou.

A decisão de abrir o comércio foi tomada em um acordo entre os representantes sindicais da categoria e da Associação Comercial e Industrial de Cianorte (Acic).

A reunião aconteceu após um pedido do prefeito Marco Franzato, para o comércio acompanhar a decisão da prefeitura de manter suas atividades normalmente.

O ponto facultativo da Terça-feira de Carnaval foi revogado, seguindo a decisão do governo do estado, que é uma medida para conter aglomerações durante a pandemia.

Em Cianorte, permaneceram fechados apenas agências bancárias e lotéricas.

Folga para os trabalhadores

No acordo celebrado entra patrões e empregados do comércio, ficou  decidido entre os sindicatos dos Empregados do Comércio de Cianorte (Sindecc) e dos Lojistas e do Comércio Varejista de Cianorte (Sincovarte), que a folga de Terça-feira de Carnaval, seria reajustada para cada funcionário, em um prazo de 30 dias. A decisão é para adequar ao calendário comercial 2020/2021, discutido em convenção coletiva no mês de Maio, que define os horários e datas de funcionamento do comércio para o ano.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *